Tecnologia

Comparar planos de dados no Brasil faz sentido?

Escrito por Forbiddeen

Hoje em dia, os celulares passaram a fazer parte total do cotidiano das pessoas e por isso, a busca por planos de dados no Brasil, tem sido cada vez mais estudada para que não hajam gastos desnecessários.

As despesas com celular já estão incorporadas dentro do orçamento das pessoas e por isso, cada tipo de usuário precisa de plano diferente.

Segundo o órgão de defesa do consumidor, é possível economizar cerca de 50% na fatura mensal, somente escolhendo o plano de dados adequado para o seu consumo. No entanto, com a quantidade de operadoras e planos, é normal ter dificuldades em encontrar o melhor custo-benefício.

Algumas variáveis

O melhor plano de dados no Brasil, pode depender de uma série de coisas, uma delas são as preferências pessoais.

É preciso ter em mente, qual a sua quantidade de consumo médio mensal, e quais suas funcionalidades, o que você usa com mais frequência.

Tendo essas informações em mente, fica mais fácil fazer comparativos entre planos, para poder escolher aquele que se adapta melhor para suas necessidades.

Recomendamos que faça alguma pesquisa primeiro para saber se determinada operadora tem boa cobertura ou não na sua área de residência, podendo até tentar ligar à Anatel para obter esse tipo de informação.

Tenha também a certeza que não é o seu aparelho que está a funcionar mal e por isso o seu acesso à Internet está limitado.

Encontre uma assistência perto de si para isso.

Como escolher o melhor plano do mercado

Antes de mais nada, é preciso entender quais são os tipos de planos de dados no Brasil, normalmente existe 3 planos principais, sendo eles o pré-pago, o pós-pago e o plano controle. Cada um com suas vantagens, podendo ou não ser a melhor opção para você.

A principal diferença entre esses planos é a flexibilidade que cada um pode oferecer ao cliente. Para entender melhor, continue lendo.

Pré-pago

Na modalidade de planos de dados pré-pago, o consumidor antecipa os seus gastos, comprando créditos para recarregar, conforme seu uso acontece, os créditos vão sendo consumidos do valor creditado, seguindo uma tabela preestabelecida pela operadora.

Esse tipo de plano não exige fidelidade, compromissos, débito em conta, boletos nem nada do tipo.

Os valores são cobrados pelas operadoras, que geralmente cobra mais caro nos planos pré-pagos. Isso significa que para quem usa o celular sem muito controle, pode acabar gastando a mais.

Pós-pago

Já nos planos de dados no Brasil, que são pós-pagos, primeiramente o usuário faz o uso do serviço, e depois realiza o pagamento.

O valor cobrado gira em torno do consumo, também seguindo as tabelas das operadoras. Para quem usa ou precisa muito dos dados do celular, esse pode ser o melhor plano, dependendo de quais recursos são oferecidos pela operadora.

A grande vantagem desse tipo de plano, são os benefícios, como os planos costumam custar mais, as operadoras acabam compensando com descontos em aparelhos, tarifas menores ou algum outro tipo de compensação.

Já a desvantagem pode ser o valor da fatura no final do mês. Como não há limites, é provável que as pessoas que o usem não tenham muito controle desses gastos e por isso, não se planejar pode te dar um susto na hora de pagar a fatura.

Plano controle

Já o plano controle, funciona como um pacote de dados fechado.

O cliente contrata os serviços em conjunto, com um preço fixo que é cobrado todos os meses. Normalmente ele é mais baixo do que nos planos pós-pago.

Quando o cliente esgota o limite dos dados, ele pode renovar o pacote, pagando a mais por isso, ou pode colocar créditos como na opção pré-pago.

Um ponto importante na hora escolher o melhor plano de celular, é optar pelo preço mais barato, mas também que supra as necessidades de consumo do seu dia a dia.

Os pacotes extras do plano controle, costumam ser mais caros, se você precisa comprar muitos deles ao longo do mês, talvez seja a hora de rever o seu plano, e talvez optar por um outro que supra suas necessidades.

Sobre o Autor

Forbiddeen