Tecnologia

Renault se prepara para vender carro elétrico mais popular do mundo

A Renault pretende bater de frente com os carros elétricos mais populares do mundo. Por isso, a empresa já prepara a venda do Zoe, um modelo compacto, totalmente elétrico e mais acessível que outros veículos elétricos.

A Renault pretende bater de frente com os carros elétricos mais populares do mundo. Por isso, a empresa já prepara a venda do Zoe, um modelo compacto, totalmente elétrico e mais acessível que outros veículos com características semelhantes que já estão à venda.

A montadora francesa anunciou o carro como o “elétrico mais popular do mundo”, isto porque a previsão é de que ele seja comercializado na Europa por 15,7 mil euros. O valor chega a ser metade dos custos de um Nissan Leaf ou de um Chevrolet Volt, dois elétricos muito famosos.

O Zoe possui apenas 4.10 metros de comprimento e é equipado com um motor de 60 kW e torque de 222Nm. Assim, o carro chega a velocidade máxima de 135km/h. A bateria de íon-lítio instalada no automóvel lhe permite autonomia de até 210 quilômetros.

A recarga pode ser feita de três maneiras. A primeira delas é a carga padrão, que leva de seis a oito horas, dependendo da potência elétrica disponível, a segunda opção é a carga rápida, em que ao ser recarregada por dez minutos chega a ter autonomia de 60 quilômetros, e em 30 minutos, 80% da bateria é recarregada. Ainda existe a opção QuickDrop, que consiste na troca da bateria em apenas três minutos.

O Zoe ainda possui diversas outras tecnologias direcionadas ao bem-estar dos usuários. Um sistema inteligente controla automaticamente o nível de umidade dentro do carro e aumentar a hidratação da pele. Um sensor de toxidade monitora a qualidade do ar e impede que substâncias nocivas passem pelo filtro e poluam o interior do veículo e, por fim, um sistema elétrico ativa aromas, de acordo com a necessidade dos passageiros. Existe fragrância relaxante e até mesmo um modelo ideal para estimular a vigilância do motorista.

O carro ainda não está disponível no mercado, mas a Renault já anunciou a pré-venda do modelo no continente europeu, com a expectativa de superar os outros elétricos já comercializados. Com informações da Renault e Revista Auto Esporte.

Redação CicloVivo