Tecnologia

Google está enfrentando investigação regulatória alemã sobre falha de segurança do Google+

O Google está enfrentando uma análise cuidadosa dos reguladores de dados alemães, as últimas consequências de uma falha de segurança não revelada no Google+, segundo o Bloomberg.

A publicação informa que Johannes Caspar, o comissário de Hamburgo que atua como cão de guarda de dados do país, disse que seu escritório estava investigando o assunto, embora atualmente não tenha informações do Google sobre o assunto.

Ontem, o The Wall Street Journal revelou que uma falha de software no Google+ expôs as informações pessoais de centenas de milhares de usuários. A empresa silenciosamente encerrou o bug em março sem divulgá-lo publicamente, e disse nesta semana que, como não havia evidências de que os dados foram mal utilizados, o incidente não atendeu aos requisitos do Google para divulgação. Ainda assim, a empresa disse que vai encerrar o Google+.

O incidente é a última dor de cabeça regulatória para a empresa, que foi multada em US$ 5 bilhões (cerca de R$ 18,5 bilhões) pela União Europeia em julho por violações à legislação. Como o Bloomberg ressalta, o incidente aconteceu antes que as rígidas proteções GDPR da Europa ocorressem, limitando as potenciais consequências para o incidente.


Editor

Felipe Mendes

Apaixonado por astronomia, tecnologia e jogos.


Outras notícias parecidas


Mais notícias sobre Google

Sobre o Autor

Paulo Carmino