PET

Gato: dicas de como adequar sua casa para receber um

Para quem gosta de gatos e deseja ter um em casa se pergunta como é possível ter um felino e dispor a ele um ambiente no qual ele se sinta realmente confortável e feliz. Esses felinos não são como os cães e precisam de espaços diferentes para brincar e desenvolver suas habilidades ao longo de seu crescimento. Em geral, eles não precisam de muito, apenas um espaço para brincar, se esconder e observar tudo ao seu redor.

Saiba como preparar sua casa com as nossas dicas. Acompanhe o texto!

Preparação

Prepare-se para receber seu gato, assegurando-se de que estes itens estão disponíveis:

  • Tigelas de comida e água
  • Alimentos (Para facilitar a transição, fique com os alimentos que o seu animal de estimação está acostumado a comer no início. Em seguida, se necessário, gradualmente, mude para um alimento de maior qualidade.)
  • Coleira
  • Caminha
  • Brinquedos
  • Caixa de lixo específica
  • Raspadores de unha

Permita que o seu bichano se acostume com o novo local. O ideal é dar tempo para a adaptação e ir deixando ele descobrir cada espaço da casa.

Antes de trazer seu novo felino para casa, crie um “território” separado para ele. Esta área deve ser equipada com alimentos, água, um brinquedo, uma caixa de areia, acesso à luz solar natural e lugares de descanso confortáveis.

Coloque ele no seu espaço assim que ele chegar em casa e passe um mínimo de uma hora com ele (e os outros como ele na casa) por dia. Jogue com eles regularmente e assista-os de perto. A rotina do seu pet precisa ser regular, e, para isso acontecer, é fundamental manter um horário fixo para ele se alimentar, descansar e se divertir logo nos primeiros dias.

Odores

Aqui está outra maneira de apresentar aos gatos o odor de outros animais existentes na sua casa: os esses animais de estimação têm glândulas nas bochechas que produzem feromônios.

Quando eles esfregam a bochecha contra uma parede, cadeira ou suas pernas, elas produzem feromônios, que são substâncias químicas que podem ajudar a aliviar a ansiedade e fornecer informações sobre o animal que está produzindo esses feromônios.

A exposição deles às toalhas que foram usadas em outros animais ou até mesmo moradores pode ser uma boa maneira de apresentá-los. Alguns respondem muito bem a odores sintéticos (um spray ou difusor), um produto que pode ser comprado online ou em lojas específicas para pets.

Se algum gatinho mostrar sinais de estresse ou agressão significativa, separe-os e apresente-os mais devagar. Depois que perceber que se acostumaram, aproxime-os uns dos outros, dê carinho e brinque. Este exercício ensina eles a receberem recompensas especiais na presença uns dos outros, e que nada de ruim está acontecendo. Com o tempo, saberão que não são uma séria ameaça um para o outro.

Fornecer muitas rotas de fuga

Esses bichinhos adoram ter lugares para se esconder, por isso verifique antes se há lugares em que possam voltar para um canto sempre que quiser. Escadas específicas para a espécie, túneis e até mesmo o espaço embaixo da sua cama podem ajudar eles.

Ofereça múltiplos esconderijos. Uma caixa de papelão com furos cortados em ambos os lados (para que ela possa entrar e sair de cada lado) e um cobertor colocado no fundo pode ser um ótimo esconderijo. Além de esconderijos no chão, bem como no alto. Quando ele está em seu esconderijo, não o perturbe. Seus esconderijos devem ser seus lugares especiais, onde ele pode ter privacidade se desejado.

Caixa de areia

Forneça para seu bichinho uma caixa de lixo limpa e descoberta, pois geralmente são bastante exigentes. Retire a caixa de lixo uma vez por dia e esvazie-a completamente para limpá-la todas as semanas. Quando você limpa a caixa de areia, use um sabão neutro, não use detergentes de cheiro forte.

Brinquedos

Há muitos brinquedos diferentes com os quais o seu lindo felino pode brincar. A maioria gosta de novidade, então compre vários tipos de brinquedos e se divirtam juntos.

Se ele não estiver interessado durante os primeiros dias, dê tempo e experimente brinquedos diferentes. Não se esqueça de não brincar com seu felino de estimação com as mãos. Usar suas mãos como um brinquedo o ensina que é bom morder ou arranhar você.

Criando um lar feliz

Lembre-se, um gato ansioso é muito mais provável de se comportar agressivamente do que outros animais de estimação. Se você usar paciência nas etapas iniciais do processo de introdução, provavelmente aumentará suas chances de um lar harmonioso.

Sobre o Autor

Forbiddeen