Tecnologia

Virgin Hyperloop: vídeo mostra como será viajar a mais de 1000km/h no trem mais rápido do mundo

O vídeo ilustra muito bem como seriam as estações da Virgin Hyperloop, o trem seria composto por diversos vagões com passageiros acomodados no que se parece muito com uma sala de estar. Ainda é detalhado que os cômodos podem ter suportes para carregamento sem fio para celulares e indicadores de tempo, mostrando quanto ainda falta para chegar ao destino.

Confira o vídeo abaixo:

Como é possível notar, o vídeo mostra que o Hyperloop pode viajar numa velocidade de até 670mph ou o equivalente a 1078km/h sem sentir qualquer incômodo graças a suspensão magnética e ao vácuo contido no tubo.

Cada trem seria capaz de transportar até 28 pessoas com todo conforto possível, entretanto a Virgin afirma que é possível transportar esses vagões bem próximos uns dos outros por meio de ajustes feitos por um software com inteligência artificial que gerenciaria a velocidade entre eles. Dessa forma seria possível transportar milhares de pessoas em poucas horas.

Quanto ao custo, Jay Walder, CEO da Virgin Hyperloop, comentou:

É simples. Se não for acessível, as pessoas não usarão. O transporte diário de alta velocidade atualmente não é viável para a maioria das pessoas, mas queremos mudar essa noção. Imagine ser capaz de se deslocar entre cidades que atualmente estão separadas por horas em minutos – e as infinitas possibilidades que se abrem.

Um valor não foi citado, mas a Virgin afirma que o valor será mais barato do que uma passagem de avião.

Por outro lado, os testes com o Hyperloop seguem em passos lentos. O último foi realizado em novembro em Las Vegas nos EUA com apenas dois funcionários da Virgin que foram transportados a 160km/h por 500 metros. A Virgin afirma que já é possível atingir os 1078km/h, mas para isso é preciso uma rota mais longa.

O grande obstáculo por enquanto é o custo: entre US$ 9 bilhões e US$ 13 bilhões, o que é muito mais caro do que um trem-bala comum. A previsão é que o Hyperloop de Las Vegas seja concluído em 2021 e leve apenas 35 minutos para atravessar o deserto de Nevada com até 23 pessoas a bordo.


Créditos TecStudio