Cidadania

Tatuadores são capacitados para identificar casos de câncer de pele

O projeto já treinou mais de 450 tatuadores que participaram pessoalmente de palestras ministradas pelo cirurgião oncologista João Duprat Neto.

Tatuadores de todo o Brasil têm recebido treinamento especializado para identificar possíveis casos de câncer de pele. A campanha “Tatuadores Contra o Câncer de Pele” foi criada pela Ogilvy Brasil, com o apoio da marca carioca de protetor solar Sol de Janeiro e de médicos especialistas do hospital A. C. Camargo, centro de referência em prevenção, tratamento, ensino e pesquisa do câncer.

O projeto já capacitou mais de 450 tatuadores que participaram pessoalmente de palestras ministradas pelo cirurgião oncologista João Duprat Neto. Além desses, outros artistas de todo o Brasil podem fazer o curso e receber o certificado através de uma plataforma on-line, disponível no site www.tatuadorconsciente.com.br

De acordo com o vídeo da campanha, cada um dos 450 artistas que participaram do treinamento atende, em média, seis clientes ao dia. Isso resulta em uma média de 18.900 pessoas, principalmente jovens, avaliadas semanalmente.

O câncer de pele é o tipo mais comum da doença. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, em 2014 devem ser diagnosticados cerca de 190 mil novos casos de câncer de pele no país, entre melanoma e não melanoma. O maior alerta deve-se ao fato de que a maior parte das pessoas não visita o dermatologista com a frequência que deveria.

“Nosso objetivo foi mostrar aos profissionais tatuadores alguns elementos básicos que podem ajudá-los a interpretar lesões na pele de seus clientes. Orientamos a seguir os critérios da chamada regra do ABCD, ou seja, Assimetria, Bordas Irregulares, Coloração (várias cores ou tons) e Diâmetro (maior de cinco milímetros e aumento ou diminuição do tamanho)”, destaca o oncologista.

A partir desta formação, os artistas podem alertar seus clientes e encaminhá-los a um dermatologista, que fará o diagnóstico oficial. “O objetivo é conscientizar os jovens que se tatuam de que a nossa pele exige cuidados. E os tatuadores podem ajudar muito nessa luta contra o câncer”, ressalta Paco Conde, diretor-geral de criação da Ogilvy Rio.

Veja a campanha no vídeo abaixo:

Redação CicloVivo