Cidadania

Grupo de leitura em SP distribui gratuitamente livros em braille para escolas públicas

Serão distribuídos 200 exemplares do livro “Nos bastidores do cotidiano” em braile.

Com o objetivo de facilitar o acesso à leitura de pessoas cegas o “Grupo Projetos de Leitura” distribui livros em braille sem cobrar nada. As escolas da rede pública que tenham em seus estabelecimentos estudantes com deficiência visual, entidades que atendam cegos e bibliotecas públicas podem receber as publicações.

“Se os livros impressos são caros, dificultando a leitura, no sistema braille eles são mais caros ainda, o que impede a acessibilidade. A oportunidade de leitura deve ser para todos” afirma Laé de Souza, coordenador do projeto e também autor de livros infantis.

Serão distribuídos 200 exemplares do livro “Nos bastidores do cotidiano”, de Laé de Souza, em braile, acompanhados de exemplares impressos. As instituições interessadas em receber o material deve entrar em contato pelo site ou pelo telefone (11) 2743-9491.

O “Grupo Projetos de Leitura” desenvolve várias iniciativas de incentivo à leitura em escolas públicas, hospitais e praças públicas, com livros impressos e em braille disponibiliza para as instituições o livro em braille e o mesmo título impresso, de forma que a leitura possa ser compartilhada com pessoas que não leem braille.