Meio Ambiente

Furacão Irene causa danos de bilhões de dólares e deixa milhares de pessoas isoladas

O furacão Irene causou mais de US$ 10 bilhões em danos totais para os Estados Unidos, ao passar pela costa leste do país, segundo relatório da Eqecat, importante empresa de avaliação de riscos, divulgado na última quarta-feira (31).

"Irene causou danos significativos à propriedade," disse a empresa em um relatório divulgado na última quarta-feira (31). "A Eqecat estima que o Irene causou mais de US$ 10 bilhões em prejuízos econômicos em sua travessia pelo continente americano."

A empresa Oakland, sediada na Califórnia, estima que mais de 40 milhões de pessoas no litoral, densamente povoado, do leste dos Estados Unidos foram afetadas pelo furacão, com os piores danos relacionados à inundação.

As perdas seguradas nos Estados Unidos foram de US$ 1,5 bilhões para US$ 2,8 bilhões, com cerca de 60% dos prejuízos nos estados do nordeste de Nova York, Nova Jersey e Connecticut, afirmou a empresa que avaliou os riscos.

Segundo eles, adicionando as perdas anteriores no Caribe, o total de perdas seguradas pelo Irene está entre US$ 1.8 bilhões e US$ 3,4 bilhões.

Mais de 40 mortes foram atribuídas ao incidente, que “desembarcou” no estado da Carolina do Norte, nos EUA no sábado (27) e depois progrediu para o norte, enfraquecendo para uma tempestade tropical no momento em que atingiu Nova York no domingo (28).

Milhares de pessoas ficaram isoladas por inundações em várias cidades de Vermont, Nova Jersey e norte de Nova York na última quarta-feira (31). Com informações do Discovery.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter