PET

Cão de serviço é adotado por Sargento da Força Aérea com quem tinha trabalhado

O Sargento da Força Aérea dos EUA Adam Wylie trabalhou com Emra, um cão de serviço fêmea da raça Pastor-belga Malinois, durante o período de dois anos em que estiveram prestando serviços juntos na Coreia do Sul.

Além de trabalho, o homem e a cadela tinham uma relação de amizade e desenvolveram um vínculo muito forte. Porém, o sargento foi enviado de volta para casa e Emra teve que permanecer em serviço.

O sargento e o cão de serviço tinham trabalhando juntos por dois anos. (Foto: Reprodução / American Humane)

Até que, três anos depois, Emra foi aposentada e finalmente pôde se juntar ao seu companheiro de trabalho Adam, que a adotou e transformou a cadela em um membro de sua família.

“Nós somos inseparáveis ​​agora, assim como nós éramos durante os nossos dois anos servindo juntos”, contou Adam.

Segundo o homem, durante o período em que esteve servindo fora de casa, a cadela era umas das únicas para quem ele podia recorrer quando a saudade de sua família batia mais forte.

Emra e Adam tinham se visto pela última vez em 2014. Esse ano a cadela foi aposentada por ter atingido uma idade avançada para o trabalho e por ter desenvolvido artrite.

O reencontro entre os dois, que não se viam há três anos, foi emocionante. (Foto: Reprodução / American Humane)

Graças ao grupo sem fins lucrativos chamado American Humane, que financiou os custos da viagem de Emra, Adam pôde reencontrar sua companheira de trabalho e levá-la para sua casa.

“Emra e eu tínhamos um vínculo tão forte na Coreia do Sul, mas eu devo admitir, meu maior medo era que ela não me reconhecesse”, contou Adam à Fox News. “Mas então aconteceu! Ela olhou diretamente para mim, acariciou meu pescoço e lambeu meu rosto. Ela não tinha esquecido os longos turnos juntos passados no meio do nada ou as intermináveis ​​horas de treinamento juntos”.

A cadela foi adotada por Adam e agora faz parte de sua família. (Foto: Reprodução / American Humane)

A esposa e a filha de Adam ficaram muito felizes em finalmente conhecerem Emra pessoalmente, mas nada se comparou a emoção e alegria de Adam. “Eu fui dominado por tantas emoções, algumas das quais nem consigo falar. Nossa reunificação foi mais do que apenas dois companheiros de guerra colocando os papos antigos em dia – uma parte da minha família foi trazida de volta para mim”, disse ele emocionado.

Fonte: Life With Dogs


Notícias sobre Pets