Negócios

Caito Maia: o tempero especial da Chilli Beans

Escrito por Vinnícius Lopes

[ad_1]

Share Button

Conheça a história do roqueiro que apimentou sua vida ao lançar uma das maiores marcas de óculos da América Latina.

A música sempre esteve presente na vida de Caíto Maia, desde a infância, acompanhava a carreira de músico do pai, porém não foi ela quem o levou ao sucesso. Ele até tentou emplacar como roqueiro famoso com a banda Las Ticas Tienen Fuego, fazendo shows pelo Brasil durante 13 anos. Mas o futuro tinha reservado algo mais apimentado e enriquecedor em muito menos tempo: a marca de óculos Chilli Beans.

A sua trajetória no mundo do empreendedorismo começou quando ele retornou dos Estados Unidos, onde havia frequentado a Berklee College of Music ( curso que fez na tentativa de se tornar rockstar). Na mochila, ele trouxe 200 pares de óculos para vender aos amigos. As peças foram vendidas em menos de três dias. Percebendo que a ideia estava dando certo, fez mais viagens para os EUA. Sem capital inicial, mas com muita garra, ele pegava cheque para 30 dias emprestado de um amigo, adiantava o valor com um agiota, viajava para o exterior, comprava os modelos, vendia para os brasileiros, pagava o agiota e rasgava o cheque. O negócio foi tomando forma e ganhando visibilidade, e foi aí que surgiu a Blue Velvet, uma atacadista de óculos.

Com a empresa, ele conseguiu chegar a 250 clientes de atacado no Brasil, porém, como não tinha fluxo de caixa, três deles não o pagaram, e ele faliu. Neste período, sua veia de business o levou a tomar uma importante decisão:  seguir no comércio de óculos de sol, em vez de retomar com sua carreira de músico. Porém, desta vez, a estratégia foi diferente, ele não apenas seguiu como um vendedor de óculos, mas entrou com um estande no Mercado Mundo Mix (onde a moda brasileira surgiu) lançando sua própria marca, a Chilli Beans, que em pouco tempo se tornou referência de consumo e comportamento jovem do país.

Quase 18 anos depois, e hoje consolidada como a maior rede especializada em óculos escuros e acessórios da América Latina, a Chilli Beans tem mais de 800 pontos de vendas em 09 países, e gera um faturamento de mais de R$ 500 milhões. Além das lojas e quiosques tradicionais, a marca já conta com várias flagships. O diferencial da marca está nas lojas self service, que permite ao cliente manusear e experimentar os produtos que ficam expostos, fora de mostruários. Tendo o fast fashion como plataforma de negócios, lança semanalmente dez modelos de óculos de sol, cinco de relógios e três de armações de grau. Além disso, a Chilli Beans é a primeira marca do segmento a inaugurar uma máquina de customização, que possibilita ao cliente fabricar seus próprios óculos.

 

O nome Chilli Beans

Caito Maia é viciado em pimenta e também um exímio colecionador do tempero – possui um estoque com mais de 1 mil exemplares de todas as partes do mundo –  além disso, é supersticioso, por isso queria uma marca com 11 letras, daí surgiu Chilli Beans: feijão com um toque de pimenta que dá um sabor especial.

“Empreender é ter prazer, é fomentar a sua circunferência, ter brilho nos olhos”

Para o empresário, o segredo do sucesso está no gostar do que faz, inclusive é esta dica que dá para jovens empreendedores, “busque algo que quando coloque a cabeça no travesseiro, os olhos e a mente brilhem, mas construa uma base sólida para seu sonho. Construa uma marca, não só um produto, pois é a marca que tem futuro”.

Ele também credita o sucesso de sua marca à sua equipe. É por isso que a empresa investe em pessoas de mente aberta e interessadas em abraçar novos conceitos. “Não sou nada sem meu time, só estou onde estou graças a minha equipe, eles são anjos que me apoiam, são jovens de alma”, destaca Maia, que sempre contou com o auxílio de pessoas que levam o DNA da pimenta até o consumidor final.

Outra filosofia que carrega é sobre o planejamento que, para ele, é fundamental desde que não seja exagerado. “Equilíbrio é tudo, excesso de planejamento não é saudável porque, muitas vezes, acaba-se não agindo”. Também acredita que o foco faz a diferença no negócio, para ele, não é muito estratégico aumentar muito o portfólio de produtos pois se corre o risco de perder no caminho.

Toda esta bagagem de conhecimento o levou a ser um dos tubarões do Shark Tank Brasil, programa da Sony que conta com investidores interessados em dar apoio financeiro a grandes ideias de empreendimento.

Caito Maia é exemplo de um empreendedor inconformado e perseverante para não se contentar com o comum e desejar o alternativo até alcançar o sucesso.

Caito Maia vai estar junto com A Magia do Mundo dos Negócios no dia 05/05 em Florianópolis no 2º Congresso de Empreendedorismo e Vendas, saiba mais.

Share Button

[ad_2]

Sobre o Autor

Vinnícius Lopes