Vida Sustentável

Borboletas congeladas são nova moda cruel para casamentos

Escrito por Forbiddeen

A atitude cruel foi relatada pela blogueira Claudia Matarazzo.

As borboletas são lindas, principalmente quando estão voando livremente. No entanto, uma prática tem assustado: noivas congelam borboletas para usarem em cerimônias de casamento. A atitude cruel foi relatada pela blogueira Claudia Matarazzo.

Em sua página, ela relata como conheceu este novo “nicho” no mercado de casamentos e explica como a ação funciona. Segundo ela, o uso das borboletas nas cerimônias não é algo isolado e a experiência foi compartilhada por várias cerimonialistas com as quais ela teve contato durante um evento especializado.

Tudo começa em Salvador, de onde as borboletas são transportadas em caixas pequenas, que deixam passar a ventilação, mas não deixam que os insetos se movimentem. No caminho até o consumidor final, muitas borboletas morrem por estresse.

Mas, a crueldade não acaba aí. Pelo contrário, só piora. O interesse das noivas é soltar as borboletas no meio da cerimônia, para encher o ambiente de colorido. No entanto, para que isso seja possível, é necessário congelar as borboletas, assim elas ficam desmaiadas.

Tudo acontece na hora da saída da noiva, quando as borboletas são acordadas com batidas em suas caixas. No susto, elas saem voando aleatoriamente, sem direção ou sentido. Por isso, algumas caem e morrem.

Claudia ficou indignada com a forma como tudo é conduzido e apresentado. “Alguém acha que esse tipo de tortura condiz com a solenidade do momento?”, indaga em sua página.

Clique aqui para ler a descrição na íntegra.

Fonte: CicloVivo

 

Sobre o Autor

Forbiddeen