Negócios

WWF convida brasileiros para a Hora do Planeta 2014

Com o slogan “Use seu poder para salvar o planeta”, o movimento aposta no poder de cada um para a mudança.

Pelo sexto ano consecutivo, a organização ambientalista WWF-Brasil promove a campanha “Hora do Planeta”. Desta vez, as luzes vão se apagar entre 20h30 e 21h30 no dia 29 de março.

Com o slogan “Use seu poder para salvar o planeta”, o movimento aposta no poder de cada um para a mudança, seja o cidadão brasileiro ou o Homem-Aranha, primeiro embaixador global do movimento. Paralelamente, a Rede WWF promove a Hora do Planeta: Desafio das Cidades, que irá premiar iniciativas rumo ao desenvolvimento de uma economia de baixo carbono. Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG) são finalistas do desafio.

“Como maior ato simbólico mundial contra o aquecimento global, a Hora do Planeta abre espaço para a reflexão da postura de cidades, empresas e cidadãos. Com o Desafio das Cidades vamos além da hora, com o objetivo de estimular a criação e disseminação de melhores práticas de mitigação e adaptação às mudanças climáticas por meio de planos ambiciosos, inspiradores e factíveis para o desenvolvimento de uma economia de baixo carbono”, afirma a secretária-geral do WWF-Brasil, Maria Cecília Wey de Brito, lembrando que na edição de 2013 mais de sete mil em 153 países apagaram as suas luzes por sessenta minutos.

No Brasil, Belo Horizonte foi a primeira cidade a aderir à Hora do Planeta. Também já aderiram à campanha municípios como Macapá (AP), Campinas (SP), Erechim (RS) e Joinville (SC). No total, já são quinze cidades brasileiras confirmadas no movimento global. Em 2013, a Hora do Planeta contabilizou 113 cidades no Brasil, que juntas apagaram mais de 627 ícones (entre eles, monumentos artísticos, espaços públicos e prédios históricos).

As cidades brasileiras interessadas em participar devem solicitar o Termo de Adesão Hora do Planeta 2014 que oficializa a participação. Já empresas, organizações e pessoas podem se cadastrar online e acessar peças como banners, imagens de capa para mídias sociais, entre outros. As redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram) também são canais oficiais de comunicação da campanha.