Autos

Você sabia? Confira porque da elevação no túnel de alguns carros:

Escrito por Fernando Luis

Entenda por que o passageiro do meio no banco de trás quase nunca tem lugar para colocar os pés

por JULIA GIANESI COM ALBERTO CATALDI


Se você já sentou no banco de trás de um carro, com certeza já lutou para não ser o passageiro do meio. Esse assento indesejado é sempre mais apertado e menos cômodo do que os outros lugares do veículo. Um dos motivos é a falta de espaço para as pernas, provocada principalmente pelo túnel central. E o que é isso?

O túnel central é uma elevação no piso da área traseira central do carro. Dependendo do modelo do veículo, ele pode ser mais ou menos elevado – determinando se cabem, de verdade, cinco pessoas no carro ou apenas quatro. Marcio Azuma, diretor de segurança veicular da AEA, explica que a elevação é mais recorrente em carros 4×4 ou com tração traseira e motor dianteiro. Nesses casos, o eixo cardã (que dá a força pra rodar as rodas do eixo traseiro) ocupa o espaço do túnel central. Ainda assim, nos SUVs, a elevação não precisa ser tão grande, já que o próprio carro já é mais alto.

Quando se trata de motores com tração dianteira, a tubulação de escapamento e o cabo de sistema de freio ocupam o espaço do túnel central. Além disso, essas peças ficam protegidas, já que estão embutidas em relação ao assoalho.

O túnel central também contribui para a estrutura do carro. “Ele ganha rigidez sem muito peso”, comenta Márcio. Nos casos em que não existe elevação, o veículo necessita de um reforço adicional, uma estrutura que compense no padrão mínimo de rigidez necessária. Isso adiciona um peso, material – e custo – a mais na produção do carro.

 

Fonte: AutoEsporte

Créditos : Autos24h

Sobre o Autor

Fernando Luis