Curiosidades

Um fotógrafo judeu enterrou estas fotos para que os nazistas não as encontrassem

O fotógrafo judeu Henryk Ross, do Gueto de Łódź, Polônia, trabalhava com notícias e esportes quando as forças alemãs invadiram sua cidade, em 1939. Ele, então, enterrou suas fotos a fim de preservar provas de crimes contra seu povo.

O fato ocorreu no inverno de 1944, no auge do Holocausto, e aproximadamente um ano depois, após a libertação da área, ele retornou para desenterrar as imagens.

Algumas fotografias permaneceram intactas, e retratam alguns momentos íntimos das vidas de judeus poloneses.

Confira:

1. Retrato de um casal (1940-1944).

O fotógrafo judeu Henryk Ross enterrou estas fotos para que os nazistas não as encontrassem. Foto: Henryk Ross

2. Um homem salvando a Torá dos escombros da Sinagoga (1940).

Foto:

Foto: Henryk Ross

3. Um garoto procurando comida (1940-1944).

Foto: Henryk Ross

Foto: Henryk Ross

4. Recipientes de comida e pratos deixados para trás por moradores do Gueto que foram deportados para campos de extermínio (1944).

Foto: Henryk Ross

Foto: Henryk Ross

5. Uma criança sorrindo (1940-1944).

Foto: Henryk Ross

Foto: Henryk Ross

6. Henryk Ross escavando uma caixa de negativos e documentos do Gueto de Łódź (1945).

Foto: Henryk Ross

Foto: Henryk Ross

7. Uma garotinha (1940-1944).

Foto: Henryk Ross

Foto: Henryk Ross

8. Um casamento no Gueto de Łódź (1940-1944).

Foto: Henryk Ross

Foto: Henryk Ross

9. Crianças sendo levadas para um campo de extermínio. (1942).

Foto: Henryk Ross

Foto: Henryk Ross

10. Deportação no inverno (1940-1944).

Foto: Henryk Ross

Foto: Henryk Ross

11. Um garoto em um balanço (1940-1944).

Foto: Henryk Ross

Foto: Henryk Ross

Fonte: Bored Panda