Negócios

Um CNPJ não lhe tornará um empresário – 05 erros comuns para quem pensa em empreender

Escrito por Vinnícius Lopes

Entendo que o empreendedorismo pode sim ajudar nosso país a se desenvolver, porém sou contra uma pessoa empreender simplesmente por estar na moda ou porque acha que será “patrão”.

Lembrando que não quero desestimular ninguém a ter seu próprio negócio, porém é importante destacar que não existe sucesso sem muito trabalho e preparo.

Este ano minha principal empresa completa 11 anos, atuamos em todos os estados do Brasil e exterior, são mais de 4.000 mensalistas, por meio do Grupo GV8, também sou sócio da A Magia do Mundo dos Negócios, sei o quanto é difícil ter empresa especialmente no Brasil, sei como é a conta não fechar no início e final do mês, quantos planejamentos tiveram que ser refeitos durante a jornada, pois nada saia como o planejado!

Pelo  fato de viajar muito a trabalho, participar de vários eventos corporativos, é comum eu conhecer pessoas que me perguntam a respeito de se montar uma empresa, iniciar um negócio, fui percebendo que 05 situações, são erros quanto a percepção de ser empreendedor, listei abaixo:

01) Ganhar mais dinheiro
Pelo contrário, se você não conseguir tracionar, ou seja, desenvolver sua empresa você poderá sentir na pele, no dia a dia a falta de dinheiro! É importante frisar também que você não deverá focar em ganhar dinheiro e sim em produzir, gerar riqueza.

02) Ter mais tempo
Muitos acreditam que o fato de ter seu próprio negócio lhe permitirá ter mais tempo para assuntos não relacionados ao trabalho. Empreendedor não tem ponto de hora de trabalho, você será muitas vezes o primeiro a chegar e último a sair.
Sábado, domingo e feriado você vai ter que trabalhar.
Sim é possível ter tempo para tudo e é saudável parar um pouco, aqui entra algo que muitos tem dificuldade em implementar tanto na vida profissional quanto pessoal: Gestão de Tempo.

03)  Autoemprego
Percebo que muitos, senão a maioria, tem a empresa como um autoemprego. Isso mesmo, foca tanto na execução das atividades diárias e não percebe que um dos pontos mais importantes em uma empresa que está se desenvolvendo é olhar estrategicamente para seu crescimento.

04) Ser patrão não é status
Infelizmente já ouvir pessoas dizerem que gostariam de ter seu próprio negócio para ser “patrão”, pois traz um peso, status.
Ser empresário não tem glamour algum.

05) Mudar o mundo!
Empreender com propósito, eu acredito que será o futuro, tenha seus propósitos muito bem definidos, mas especialmente no início da empresa, foque em como você poderá fazer para desenvolver sua empresa e gerar lucro, pois as estatísticas comprovam que mais de metade não vai ter sucesso, ou melhor, sobreviver até 05 anos de vida, sendo assim, é importante associar o propósito, causas sociais versus produzir riqueza para que as contas não fiquem desequilibradas.

 

andrebianchi

André Bianchi
Empresário, Mentor e Investidor. Liderou 07 atividades no Vale do Silício – USA.

Linkedin: br.linkedin.com/in/andrebianchi10
Facebook: https://www.facebook.com/AndreBianchiEmpresario/
CEO e Diretor de Missões Internacionais ao Vale do Silício BWi Participações (desde 2013) (www.bwiparticipacoes.com.br)
Sócio e Conselheiro Grupo GV8 (Desde 2006) (www.gv8.com.br)
Sócio – Diretor de Negócios A Magia do Mundo dos Negócios (www.amagiadomundodosnegocios.com.br)
Presidente ABRADi-ISP (2013-2015),
Diretor Comitê Empreendedorismo ABRADi Nacional ( 2015-2016)
Investidor: IEV Digital, Terere House, Fraternal Shop, PPt Slides e Certificadora Digital Gigatron Bauru
Membro Banca de Investidores Acelera Startup – FIESP ( 4ª e 5ª Edição)

Para saber mais informações sobre nossos programas no Vale do Silício, clique aqui!

Share Button

Sobre o Autor

Vinnícius Lopes