Geek

Saiba o que achamos sobre o novo filme dos Vingadores

Escrito por Paulo Carmino

Guerra Infinita é a penúltima produção da saga “Os Vingadores”, filme da Marvel que chegou recentemente às principais salas de cinema no mundo, esgotando ingressos e se tornando a bilheteria de estréia mais rentável da história em seu primeiro fim de semana.

Muitos spoilers já rolaram sobre o filme. Portanto, se você ainda não assistiu, pode parar por aqui. Nós vamos revelar o que achamos sobre o filme, e o texto pode conter SPOILER. Não temos nenhuma pretensão de compartilhar cenas do filme, por isso, fizemos um review sobre ele com o menor número de detalhes possíveis.

A riqueza do Universo Marvel

O primeiro e mais positivo ponto do filme, que possa também justificar o grande sucesso de bilheteria já nos primeiros dias de lançamento, é a riqueza do Universo Marvel.

Neste Vingadores, a companhia uniu diversos grandes nomes que também foram sucesso de bilheteria. No filme, a gente pode ver em ação vários heróis da Marvel, como o Homem de Ferro, Homem Aranha, Hulk, Thor, Viúva Negra, Capitão América, Doutor Estranho, Os Guardiões da Galáxia, Pantera Negra, enfim, vários e vários gigantes da Marvel. Contudo, o filme se torna completamente rico e chamativo, uma vez que cada herói tem uma bagagem histórica que vem desde os quadrinhos, até os grandes sucessos de bilheteria, e quem acompanha, provavelmente não vai deixar de assisti-lo.

A coesão entre os personagens é excelente! Os Guardiões da Galáxia, por exemplo, nunca estiveram com Os Vingadores, nem se quer em outra saga de filmes da Marvel, como o Homem de Ferro. No entanto, ao adentrarem neste episódio, tudo soa como deveria ser, apenas Guardiões que exploram o Universo e, pelo destino, encontram Tony Stark e travam uma luta que é esclarecida como um estranhamento causado pelo maior vilão do universo, Thanos.

Efeitos visuais

É difícil explicar o perfeccionismo de efeitos visuais tão complexos em um único filme. Quem assistiu Doutor Estranho sabem bem que o filme solo do personagem é rico em efeitos visuais. Em Guerra Infinita, a Marvel trouxe um pouco de cada, dando orgulho para os fãs da saga.

Na cena do Dome, é reproduzido uma série de explosões que não passam dele, criando um efeito de fogo visto de dentro da proteção, mostrando a riqueza de detalhes e a contenção das chamas pelo Dome.

Outro ponto para o efeito visual, se dá na desintegração dos personagens.

Linguajar, cultura e contextualização

As gigantes do cinema estão adaptando seus filmes para o linguajar popular. Isso é bem perceptível nos filmes da atualidade. Quem não se lembra dos filmes do passado em que heróis não faziam piada, nem se quer mostravam “dedo”, como faz o Senhor das Galáxias!?

A cultura pop é muito bem representada, causando um âmbito cultural entre ficção científica e mundo real. Você verá ou viu muitas cenas em que o Homem-Aranha contextualiza seu lado cultural.

Emoções

O filme é um misto de emoções. Você rir, chora, grita, fica em êxtase, até o último minuto de filme. Foi pensado para que você não pense duas vezes em voltar aos cinemas no ano que vem, para assistir ao final da saga “Os Vingadores”.

E o que a gente recomenda para quem ainda vai assistir ao filme?

  • Esqueça o trailer;
  • Não vá com expectativas; o filme é diferente de tudo o que você imagina;
  • Se você leu algum spoiler nas redes sociais, pode ficar tranquilo! Ao mesmo tempo que o filme “mata” um personagem, ele cria a esperança de retorno – isso quando o retorno não acontece;
  • Procure sessões lotadas (é quase 100% de chance). É épico assistir ao filme e ver todo mundo gritando quando as “novas” armaduras são apresentadas em cada personagem.

Conclusão

A gente fez uma análise muito superficial sobre o filme. Não podemos dizer muito, queremos que você assista. O filme é incrível.

Falando em primeira pessoa, posso confessar que tive tédio nos filmes anteriores de Os Vingadores. Em algumas cenas, parei para olhar as notificações no Smartphone e até dei mais atenção para a pipoca.

Neste novo episódio, não houve um minuto sequer de desinteresse. Parece que Thanos é o vilão que sempre procuramos. Apesar dele parecer um pouco exagerado, pelo fato de que é extremamente poderoso, mesmo sem as joias do infinito, ainda sim é o vilão perfeito para heróis complexos e poderosos.

É isso! O filme é incrível e você precisa assistir.

Sobre o Autor

Paulo Carmino