Meio Ambiente

Ondas gigantes invadem praias e ameaçam população do Havaí

Maiores ondas em décadas são causadas por fortes tempestades e podem estar diretamente ligadas às mudanças climáticas.

Nem mesmo os surfistas estão prontos para encarar as ondas que vêm arrebentando no litoral norte do Havaí, provavelmente relacionadas às mudanças climáticas. Ocasionadas por uma tempestade intensa com ventos fortes, as ondas são as maiores em várias décadas e ultrapassam os dez metros de altura e têm provocado estragos em diversas cidades, colocando em risco a atividade econômica e a sobrevivência da população local.

Diversas praias tiveram que ser fechadas e os salva-vidas reforçaram seu trabalho, com objetivo de manter as pessoas bem longe das ondas, que arrebentam na costa, de forma violenta e sem precedentes.  Os especialistas do Serviço de Meteorologia do Havaí deixaram claro que a intensidade das ondas é tão preocupante, que possuem força suficiente para quebrar os ossos, afogar e até causar a morte de banhistas e surfistas.

A ocorrência destas formações na costa norte do Havaí obrigou o cancelamento de uma importante competição de surfe, a “The Quiksilver in Memory of Eddie Aikau”, realizada para homenagear um dos ícones do surfe havaiano, Eddie Aikau. De acordo com o Huffington Post, o torneio deixou de ocorrer porque a mesma tempestade que trouxe as ondas gigantes também desorientou os ventos que sopram na região.

A força das águas ainda pode colocar em risco os habitantes e a economia local, à medida que acontecem alagamentos devido às tempestades e algumas localidades sofrem erosões. A preocupação com a forte maré também é grande, pois, nos casos mais extremos, ameaça residências e construções de serem tragadas pelo oceano. A situação de risco colocou em ação os voluntários da Cruz Vermelha, que distribuirão mantimentos às pessoas necessitadas.

Redação CicloVivo