PET

Oficial salva a vida de um cão duas vezes no mesmo dia

Hayley Miller estava enfrentando um momento muito difícil com seu cachorro e precisava tomar uma decisão que nenhum tutor de animal deveria precisar ter que tomar. O cão, na verdade uma cadela chamada Ginger, tinha sido baleado no rosto e ela precisava decidir se sacrificava o animal ou se autorizava o tratamento do cão, que ela não tinha condições financeiras para pagar.

Até que um estranho se comoveu com o caso e se responsabilizou pelas contas médicas do tratamento do animal.

Esse estranho era Brian Bowling, um oficial do Condado de Maricopa, nos Estados Unidos.

O que Hayley não sabia era que essa seria a segunda vez que o oficial estava salvando a vida de seu cachorro. Brian Bowling já tinha ajudado o animal quando o encontrou ferido e o levou pessoalmente ao hospital veterinário.

Segundo o oficial herói, o responsável pelo ferimento do cão foi seu vizinho, que com raiva pelos recorrentes buracos cavados por Ginger em seu quintal, acabou atirando na cadela.

Oficial cobriu o ferimento do cão com gaze e o levou para o hospital veterinário. (Foto: Reprodução / Pinterest)

Brian estava bem próximo quando recebeu a chamada para ir até o local onde a cadela tinha levado o tiro e viu Ginger bem ruim e sangrando. “Em vez de fugir de mim ou tentar me morder, ela correu até mim e começou a abanar o rabo e tentou entrar no assento dianteiro do meu carro de patrulha. Eu acho que ela não teria sobrevivido se tivéssemos esperado o controle de animais local chegar ao local”, contou o oficial, que cobriu o ferimento com gaze e levou a cadela ao hospital veterinário.

Ao saber que a tutora de Ginger não tinha condições financeiras de arcar com os cuidados que a cadela necessitava, o oficial Brian Bowling conversou com sua esposa e eles resolveram pagar o tratamento do cão.

Brian Bowling pagou mais de 2.500 dólares sem esperar nada em troca e tentou mudar o foco da história. “Eu não quero que minha atitude seja o foco disso”, disse o humilde oficial.

A cadela está bem e já descansa em casa, enquanto isso sua tutora segue sem acreditar na grande ajuda que teve. “Eu só queria que existissem mais pessoas como ele. Eu gostaria que o mundo tivesse mais pessoas como ele. Quando você mostra tal compaixão pelos animais, eu acho que demonstra compaixão e empatia em todas as áreas de sua vida”, disse Hayley sobre o oficial Brian.

(Vídeo: Reprodução / Youtube MediaPress)


Notícias sobre Pets