Negócios

Motoristas da Uber terão direitos trabalhistas, férias remuneradas e salário mínimo

Escrito por Vinnícius Lopes

Segundo o jornal britânico The Guardian, o Tribunal trabalhista do Reino Unido, decidiu que o UBER, deverá pagar aos motoristas que utilizam o aplicativo direitos trabalhistas, férias remuneradas e salário mínimo. A decisão do Tribunal atinge certa de 40.000 motoristas.

Embora a decisão ainda possa ser contestada pela empresa americana, isso poderá afetar diretamente os rumos da empresa, afinal, cada país tem sua própria legislação e se outros entenderem da mesma forma, poderá influenciar diretamente os resultados do UBER.

Talvez este seja um dos motivos que a empresa americana está acelerando seu projeto de carros autônomos, afinal, quanto antes deixar a dependência  de motoristas,  poderá continuar a expandir seus negócios.

Share Button

Sobre o Autor

Vinnícius Lopes