Tecnologia

Espanha desenvolve plástico biodegradável feito de soro de leite

Uma associação espanhola desenvolveu o plástico biodegradável feito com proteínas de soro de leite. O projeto faz parte do Grupo Iris, que é financiado pela União Europeia.

Uma associação espanhola desenvolveu o plástico biodegradável feito com proteínas de soro de leite. O projeto faz parte do Grupo Iris, que é financiado pela União Europeia.

O soro de leite é um subproduto da produção de queijo. De acordo com a responsável pelo projeto, Elodie Bugnicourt, o queijo tem cerca de 7% de matéria seca e é rico em proteínas.

O processo inicia-se com a recolha do soro nas fábricas, em seguida ele é filtrado e extrai-se a proteína pura do leite. Depois uma camada do líquido é aplicada para dar resistência ao plástico e também para facilitar a reciclagem, de acordo com os estudiosos.

“Esta proteína de soro de leite pode ser dissolvida por enzimas em água, deste modo, as camadas são separadas umas das outras. O que torna a reciclagem dos materiais muito mais fácil”, explica Klaus Noller, responsável do departamento de materiais no Instituto Fraunhofer, na Alemanha. Certamente, tal facilidade é uma grande vantagem em relação aos plásticos tradicionais.

Estima-se que são produzidas 50 milhões de toneladas de soro de leite, por ano. Infelizmente, quase a metade é jogado fora. Foi percebendo isso que o grupo resolveu investir na área.

O projeto espanhol faz parte de uma série de ações que visam reduzir os resíduos e criar novos materiais a partir do reaproveitamento. Ele integra 14 parceiros, entre indústria, universidades, setor de reciclagem e até engenharia.

Os sacos biodegradáveis de soro de leite visam atingir o mercado de embalagens de alimentos. Segundo o projeto, a tecnologia deve chegar ao mercado dentro de dois anos.  Com informações do Euronews.

Redação CicloVivo