Geek

Com tecnologia de ponta, Rede Globo inaugura ‘MG4’, novo estúdio de entretenimento inédito no Brasil

Escrito por Paulo Carmino

Os estúdios Globo – maior complexo de produção de conteúdo da América Latina – está em expansão. A emissora inaugurou, através de evento nesta quinta-feira (08), as novas instalações de um moderno estúdio de entretenimento em sua sede, no Rio de Janeiro.

Esse estúdio tem uma estrutura moderna e será palco de produções que incluem novelas, séries, minisséries, realities, formatos originais, programas de humor e variedades. A grande diferença desse estúdio, é que ele é completamente adaptável e tecnológico. Em um vídeo introdutório, apresentado pelo ator global Lázaro Ramos e pela também atriz global Marina Ruy Barbosa, há a utilização de realidade virtual e câmeras especiais, que devem ser inseridos nas grandes produções da emissora.

Conforme material de divulgação, algumas estruturas do estúdio se movem e podem ser utilizadas para diversas aplicações, que vão de cenas de ação e aventura ou ajustes de ambientação. A dimensão do bloco de gravações é tão grande, que cabe até mesmo uma aeronave de grande porte. Confira o vídeo divulgado;

O MG4 levou cerca de cinco anos para ser construído e finalizado. Ao todo, o espaço tem três novos estúdios de 1.500 metros quadrados cada e já será utilizado como palco da próxima novela de horário nobre da emissora, com previsão para início das gravações em Outubro.

Tecnologia e sustentabilidade

O complexo MG4 busca sustentabilidade e inovação. A fachada de vidro do prédio absorve energia proveniente dos raios solares e também diminui a incidência de calor nos prédios, reduzindo também o consumo e a necessidade de recursos de climatização como ar condicionado, que, inclusive, tem máxima eficiência energética para os três novos estúdios.

Além disso, o telhado verde também é destaque para o complexo. Além de ser estampado com por 5 mil metros quadrados de placas para obtenção de energia do sol, há também uma área de plantas para ajudar a amenizar a temperatura interna.

Toda a iluminação do complexo é de lâmpadas em LED. Essas lâmpadas tem baixo consumo de energia.

Há um centro de controle moderno para ajudar no monitoramento e operação de equipamentos e um centro de pós-produção, capaz de adiantar edição de cenas e avaliá-las no próprio estúdio.

Sobre o Autor

Paulo Carmino