PET

Cão que tinha grave doença volta a andar com a ajuda da acupuntura

Escrito por Escobar Dog

Luca é uma cadelinha de 4 anos de idade que teve a sorte de ser acolhida por uma família amorosa quando ela era apenas um filhote. Porém, ninguém sabia que em breve Luca teria um problema grave que a deixaria com as patas traseiras paralisadas.

Luca foi adotada ainda bem filhote e sem saber os problemas que ela teria. (Foto: Reprodução / Animal Acupuncture)

A cadela sofria de Doença do disco Intervertebral ou IVDD, uma grave doença que causa a compressão do nervo, o que resulta em dor e até mesmo paralisia. Neste momento foi que Luca viu como tinha sorte por estar com a melhor família que ela poderia.

Para evitar maiores danos, após o diagnóstico a cadela precisou fazer uma neurocirurgia de emergência para tratar a sua doença. Mas, mesmo após o procedimento bem sucedido, Luca teve que aprender a usar suas pernas novamente.

A cadela sofria com uma grave doença que a deixou com as patas traseiras paralisadas. Porém, sua família não a abandonou e cuidou dela o tempo todo. (Foto: Reprodução / Animal Acupuncture)

A cadela sofria com uma grave doença que a deixou com as patas traseiras paralisadas. Porém, sua família não a abandonou e cuidou dela o tempo todo. (Foto: Reprodução / Animal Acupuncture)

Para ajudar nesse processo, a família de Luca, que ficou o tempo todo ao lado da cadela, decidiu levá-la a um acupunturista. Apesar de não acreditar que o método faria algum milagre, o tutor de Luca levou a cadela para o Animal Acupuncture, uma clínica em Nova York dirigida pela Dra. Rachel Barrack, médica veterinária com certificado em acupuntura veterinária.

Após uma neurocirurgis feita de emergência, Luca começou a fazer sessões de acupuntura. (Foto: Reprodução / Animal Acupuncture)

Após uma neurocirurgia feita de emergência, Luca começou a fazer sessões de acupuntura. (Foto: Reprodução / Animal Acupuncture)

Ao contrário do que o tutor de Luca imaginava, logo após a primeira sessão já foi possível notar a diferença. Luca parecia ser mais forte e já se movimentava mais.

A cada sessão, as melhorias e a evolução de Luca estão aumentando e ela finalmente está podendo ser um cão ativo e muito feliz novamente. Hoje, ela já é capaz de correr e brincar com outros animais.

Após a primeira sessão de acupuntura Luca já apresentou uma melhora visível. Hoje ela já é capaz de correr e brincar com outros animais. (Foto: Reprodução / Animal Acupuncture)

Após a primeira sessão Luca já apresentou uma melhora visível. Hoje, ela já é capaz de correr e brincar com outros animais. (Foto: Reprodução / Animal Acupuncture)

A acupuntura em animais é indicada em diversos casos pelos próprios especialistas em medicina veterinária. O tratamento, quando feito por um veterinário credenciado e certificado pode ser muito benéfico. Porém, é bom lembrar que este tipo de tratamento não é um substituto, ele deve ser em conjunto com o tratamento indicado pelo veterinário.

 

Fonte: The Dodo


Notícias sobre Pets

Sobre o Autor

Escobar Dog