PET

Cão farejador irá fazer parte do quadro de funcionários do aeroporto de Curitiba

Escrito por Escobar Dog

Os cães de serviço, independente de sua função, ainda são bastante criticados. Porém, nós não podemos negar a grande ajuda o suporte que esses animais podem trazer, tanto como auxiliando pessoas com deficiência física quanto como membro da polícia ou de Corpo de Bombeiros.

Na última semana, nós mostramos aqui que, graças a um cão policial, que encontrou uma grande quantidade de cocaína escondida em um sofá, um suspeito de tráfico de drogas foi preso.

O cão Léo faz a vistoria das bagagens dos passageiros no aeroporto de Brasília. (Foto: Reprodução / Canal Rural)

Pensando nos benefícios que os cães farejadores podem trazer para a nossa segurança e inspirado no aeroporto JK de Brasília, que tem o cão Léo como farejador de bagagens, o aeroporto Afonso Pena, localizado em Curitiba, também irá receber um funcionário de quatro patas.

Thor, cão da raça Labrador de um ano e cinco meses de idade, já está em fase final de treinamento e irá ajudar a fiscalizar a correspondência internacional. O seu trabalho será identificar produtos de origem animal e vegetal proibidos de entrar em nosso país e com isso impedir a entrada de pragas e doenças no Brasil que podem chegar por meio de alimentos como algumas frutas, mel, bacalhau, além de tipos específicos de queijos e outros produtos.

Léo utiliza um colete que traz escrito “Vigiagro/DAS” no peito e o lema “Protegendo a Agropecuária no Brasil” na lateral. (Foto: Reprodução / Canal Rural)

Quando encontrados, esses produtos são encaminhados para serem destruídos de forma correta.

A utilização desses cães de serviço nos aeroportos está sendo feita pelo Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional, a Vigiagro.

O cão Thor vai trabalhar uniformizado, assim como Léo, que usa um colete que tem escrito “Vigiagro/DAS” no peito e o lema “Protegendo a Agropecuária no Brasil” na lateral.

Léo, que tem três anos de idade e também é da raça Labrador, tem 87% de grau de acerto na indicação de bagagens suspeitas.

Fonte: Canal Rural


Notícias sobre Pets

Sobre o Autor

Escobar Dog