PET

Cão é atingido por bala perdida durante tiroteio em favela do Rio de Janeiro

Infelizmente a falta de segurança e os tiroteios não são problemas incomuns no Brasil. Além de afetar os moradores da região e quem passa pela área, essa questão está prejudicando também os animais.

Na favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, os tiroteios estão se tornado uma triste rotina e tem vitimado muitos animais.

No tiroteio que aconteceu na última terça-feira, dia 10 de janeiro, um cão da raça São Bernardo acabou sendo atingido por uma bala perdida, que feriu a sua pata dianteira direita.

O cão Bolinha fez uma cirurgia para retirar a bala e agora está se recuperando bem. (Foto: Reprodução / Divulgação)

O cão, chamado de Bolinha, foi socorrido por seu tutor, que o encontrou sangrando, e levado imediatamente para a Suipa (Sociedade União Internacional Protetora dos Animais), onde passou por cirurgia para retirar a bala.

“Bolinha é de um morador do Jacaré, que o encontrou sangrando. Os vizinhos disseram que o cão tinha sido baleado. Ele deu muita sorte porque o tiro atingiu uma artéria e ele sangrou muito. Fizemos uma radiografia e vimos que havia um projétil”, explicou o médico veterinário Luiz Eduardo Castro.

Ainda de acordo com o veterinário, o projétil retirado condiz com o de uma arma de baixo calibre.

Agora, Bolinha já está bem. Ele foi medicado e vai passar alguns dias em observação antes de voltar para a sua casa.

Dias antes, a cadela Mel também foi atingida por uma bala perdida. Ela passou por uma cirurgia e já está em casa. (Foto: Reprodução / Divulgação)

Segundo Luiz Eduardo, os casos de cães atingidos por bala perdida são muitos. Em cerca de dois anos, a Suipa tem registrado um cão baleado a cada 21 dias. “Mas esse período está espaçando”, contou o veterinário.

Porém, no sábado que antecedeu o acidente com Bolinha, um outro animal também foi ferido por uma bala perdida. Foi a cadelinha Mel, que foi baleada durante tiroteio no Morro da Serrinha, em Madureira.

Mel também foi operada na Suipa. Ela passa bem e já está com os seus tutores.


Notícias sobre Pets