PET

Cães e gatos ajudam cordeirinho resgatado quase morto a se recuperar

O cordeirinho Kenny tinha apenas dois dias de vida quando foi encontrado por um agricultor. Ele possivelmente foi abandonado por sua mamãe ao nascer.

Kenny estava muito ruim. Seu corpo estava sem cor, frio e mole, e ele estava muito fraco para sustentar sua própria cabeça. Em alguns momentos não era possível nem ver a respiração do animal. Mas, Kathy Munslow não desistiu dele.

O cordeiro foi encontrado com dias dias de nascido e chegou ao santuário quase sem vida. (Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

A situação era bem desesperançosa, mas mesmo assim Kathy levou imediatamente o animal para o Gunyah Animal Healing Sanctuary, um centro de resgate e reabilitação animal dirigido por Kathy em Victoria, na Austrália.

Kathy ficou cuidado do cordeiro, aumentando gradualmente a sua temperatura corporal. Cerca de uma hora depois, finalmente a temperatura do animal aumentou e sua pele recuperou a cor. Em seguida, após cerca de duas horas, Kenny estava alerta, já conseguia ficar de pé e até começou a tomar leite em uma garrafa.

Ele estava sendo cuidado dentro de casa, onde ficavam os cães e gatos de Kathy, e logo ganhou a atenção de Jemelda. (Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

Ele estava sendo cuidado dentro de casa, onde ficavam os cães e gatos de Kathy, e logo ganhou a atenção de Jemelda. (Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

A mulher ficou impressionada com o progresso do animal, visto que cordeiros dependem de leite colostro da mãe nas primeiras 48 horas de suas vidas para construir seus anticorpos e fortalecer seus sistemas imunológicos, o que não aconteceu com Kenny.

Os dois estavam sempre dormindo juntos. (Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

Os dois estavam sempre dormindo juntos. (Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

Kathy, que tinha outros animais, estava mantendo Kenny dentro de sua casa enquanto ele ainda estava em estado crítico. Um dia, ao deixar os animais sozinhos por um momento, ela viu uma linda cena ao retornar, Kenny e seu cachorro Jemelda estavam deitados juntinhos na cama do cão.

Jemelda, um cão de resgate de 16 anos de idade, tinha o costume de se aproximar e se aconchegar nos novos residentes do santuário, por isso não foi uma grande surpresa para Kathy ver Jemelda deitado ao lado de Kenny.

Mel também passou a ficar juntinho de Kenny. (Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

Mel também passou a ficar juntinho de Kenny. (Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

Porém, ela ficou bastante surpresa quando alguns de seus outros animais também começaram a deitar juntinhos de Kenny. Jemelda, Mel (uma mistura de Jack Russell) e o gato William agora estão sempre deitadinhos com Kenny. Até Mishka, o gato que normalmente não chega perto de ninguém, já fica do lado do cordeiro.

Em seguida, Kenny ganhou o amor também dos gatos. (Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

Em seguida, Kenny ganhou o amor também dos gatos. (Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

Kenny não está se importando nem um pouco com o amor que despertou nos outros moradores da casa. De acordo com Kathy, o cordeiro parece estar adorando a ligação que criou com os animais, além do carinho e companheirismo que vem recebendo.

“Ele é um cordeiro bastante tranquilo. Às vezes, outros cordeiros de resgate estão mais interessados em correr ao redor e tentando comer tudo à vista. Kenny não é assim. Além disso, eu definitivamente acho que as ligações estreitas, de amor e carinho, ajudam no processo de cura”, diz Kathy.

Até o mais distante dos gatos passou a ficar ao lado de Kenny.(Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

Até o mais distante dos gatos passou a ficar pertinho de Kenny.(Foto: Reprodução / Gunyah Animal Healing Sanctuary)

Kenny pode até não ter tido sua mãe ao seu lado no começo de sua vida, mas agora ele tem muitos amigos que o fazem se sentir muito amado e seguro. Ele passou por momentos muito críticos logo que chegou ao santuário, mas agora, com a ajuda de seus amigos, tudo está caminhando na direção certa.

 

Fonte: The Dodo


Notícias sobre Pets