PET

Cachorro agredido com enxada tem traumatismo craniano e morre em clínica veterinária

Nós não conseguimos entender como existem pessoas que conseguem ser tão violentas com os cachorros e causar tanto mal na vida destes animais, principalmente com os próprios animais.

Em Três Lagoas, município do Mato Grosso do Sul, um homem foi flagrado no momento em que agredia o seu próprio cão usando uma enxada. O cãozinho levou tantas pancadas na cabeça que teve um traumatismo craniano e, mesmo tento sido levado para clínica veterinária e receber tratamento, não resistiu e faleceu.

O animal foi violentamente agredido na cabeça. (Foto: Reprodução / G1 / TV Morena)

A polícia foi avisada do caso por uma testemunha, que ainda tentou seguir o suspeito, que fugiu. A Polícia Militar foi até o local, mas também não encontrou o agressor. Ao verem o estado do animal, os policiais chamaram um grupo de protetores de animais.

O cachorro foi imediatamente levado para uma clínica veterinária, onde foi constatado que ele teve um traumatismo craniano e estava com uma hemorragia grave.

O cão recebeu todos os cuidados necessários, mas não estava reagindo aos medicamentos e nem estava conseguindo se alimentar direito. Caso sobrevivesse, o animal poderia ficar paraplégico.

Após cinco dias internado, o cão não resistiu e faleceu. (Foto: Reprodução /JP News / Protetoras Três Lagoas)

Porém, infelizmente não foi isso o que aconteceu. Após permanecer cinco dias internado na clínica e passar por vários procedimentos, o cachorro, que estava bastante debilitado, não resistiu e acabou falecendo.

Um boletim de ocorrência do caso foi registrado. Sobre o suspeito do crime, ele foi identificado, mas não foi encontrado. De acordo com informações, se trata de um homem de 45 anos que não teve sua identidade revelada.

O suspeito, que já tem passagem pela polícia por violência doméstica, vai responder por maus-tratos a animais.

Fonte: G1 / ANDA


Notícias sobre Pets