Negócios

Brasil suspende produção de passaportes devido a crise

A Casa da Moeda, responsável pela impressão de passaportes de brasileiros suspendeu a confecção dos documentos. Isso porque a União está devendo mais de R$ 18 milhões em serviços já prestados. O serviço está suspenso desde o dia 7 de dezembro, mas vinha atrasando desde junho, quando não mais se cumpria o prazo de emissão em até seis dias úteis.

Mensalmente, 183.300 passaportes são produzido no Brasil, mas há dois meses a União não paga a conta, mesmo com a taxa cobrada aos emitentes, que é de R$ 257,25, ou de R$ 334,42 quando há urgência. Segundo a Polícia Federal, o dinheiro arrecadado com a emissão dos passaportes seria suficiente para o pagamento do serviço de impressão realizado pela Casa da Moeda, porém a arrecadação iria direto para o governo, que não fez o repasse ao setor.

Share Button