Mobilidade

Bélgica prevê a construção de 600 km de estradas para bicicletas

Ao todo serão 600 quilômetros de vias exclusivas para bicicletas, que estarão à disposição integral de 1,5 milhão de moradores.

Mesmo sendo um país pequeno, com pouco mais de 11 milhões de habitantes, a Bélgica tem dado exemplo para todo o mundo em termos de estrutura cicloviária. Conforme informado pelo site "Vá de Bike", a província belga de Flandres Oriental anunciou a construção de uma rede de ciclo-estradas.

A proposta segue o padrão europeu de incentivar as bicicletas como meio de transporte rápido, eficiente e ambientalmente correto. Ao todo serão 600 quilômetros de vias exclusivas para bicicletas, que estarão à disposição integral de 1,5 milhão de moradores.

De acordo com o “Vá de Bike”, o projeto prevê pistas planas, sem barreiras e com o mínimo possível de intersecções, para tornar o trajeto o mais seguro e rápido possível. A expectativa é de que essas condições permitam viagens a uma velocidade média de 30 km/h.

A malha contará  com dez rotas, sendo que quatro delas devem estar totalmente concluídas até 2018. Alguns trechos já fazem parte da estrutura cicloviária atual, que tem 43% de suas pistas consideradas de alta qualidade. Mesmo assim, 200 novos quilômetros devem ser construídos, principalmente para interligar ciclovias já existentes.

Mesmo não tendo divulgado o valor total da construção de todas as cicloestradas, o governo local já garantiu o investimento anual de 2,5 milhões de euros, previsto em orçamento. 

Redação CicloVivo