Geek

Assim como a China, São Paulo constrói 2000 leitos hospitalares em duas semanas

Escrito por Paulo Carmino

Foto: © Renato Luis Mendonça Davini/divulgação

A cidade de São Paulo está finalizando a construção de hospitais de campanha que devem inaugurar 2000 leitos de tratamento para os pacientes infectados pelo novo coronavírus. O primeiro deles, construído no gramado do Pacaembu, levou apenas uma semana para ficar pronto e vai ser inaugurado com 200 leitos.

Outros 1800 leitos estão em construção no Anhembi e tem previsão para inauguração no dia 6 de abril. Essas unidades de tratamento temporárias, chamadas de “hospitais de campanha”, receberão pacientes com sintomas mais leves.

São Paulo  Assim como a China, São Paulo constrói 2000 leitos hospitalares em duas semanas ANHBB03 1024x768
Foto: Hospital de campanha em construção no Anhembi – EDSON LOPES JR/SECOM

No entanto, aos pacientes que tiverem piora no quadro de saúde, esses hospitais também contarão com unidades de tratamento intensivo, segundo reportagem do Fantástico, que foi ao ar neste domingo (29).

Ainda segundo informações da Secretaria de Saúde de São Paulo e da reportagem veiculada, os hospitais terão alas de higienização, raio-x e todos os leito terão suporte para respiradores canalizados, como é em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

China construiu 2000 leitos em duas semanas

No começo da epidemia de Covid-19 na China, que teve como epicentro a cidade de Wuhan, onde tudo começou, o governo chinês construiu dois hospitais com 1000 leitos de tratamento cada.

As imagens das construções, assim como as informações do tempo de construção, circularam o mundo e mostraram mais uma vez a velocidade em que o país asiático consegue finalizar grandes projetos.

Assim como a China, São Paulo constrói 2000 leitos hospitalares em duas semanas construcao modular container RJ SP CE DF 5 1024x605 1
Imagem: Reprodução – Canteiro de obras chinês rodou o mundo pela eficiência e tempo de construção.

Os dois hospitais construídos na província de Wuhan já foram desativados. A China conseguiu controlar o surto de coronavírus e evitar um colapso total em seu sistema de saúde. Esse colapso aconteceu na Itália e na Espanha e é temido por todos os países que já enfrentam a epidemia de Covid-19.

Ao contrário do que imaginamos, o Brasil fez o mesmo que a China na construção de leitos, mas sem que perceber, não comemoramos o feito, tão pouco divulgamos pelo mundo.

Diante do exposto, não é difícil compreender o tamanho descaso com a saúde pública em diversos hospitais do Brasil. Porém, nós brasileiros também precisamos entender quando é o momento de aplaudir.

Neste caso, a prefeitura de São Paulo, assim como todos os colaboradores e equipes que participaram dos projetos, tanto no Pacaembu, quanto no Anhembi, merecem que nossos hospitais rodem o mundo com uma mensagem importante; O Brasil pode mudar e ele já está mudando.

Sobre o Autor

Paulo Carmino