Negócios

Após polêmica com Amazon, SP ganha mais de 200 mil livros e 100 tablets

Escrito por Vinnícius Lopes

Após a polêmica entre a  Amazon Brasil e o prefeito de São Paulo João Dória, que foi criticado pela multinacional por ter retirado os grafites e pintado os muros de cinza, a cidade ganhou colaboração para a educação.

Isso porque o prefeito pediu doações à Amazon, mas acabou tendo grande atenção da mídia e de outras empresas, que se engajaram com a causa.

Em dois dias, Doria contou eu seu Facebook ter conquistado em doações  219.350 livros, 100 Tablets e 100 computadores.

“Depois de toda polêmica em torno da campanha oportunista da Amazon, diversas empresas cidadãs se solidarizaram e resolveram, de forma espontânea, fazer doações expressivas para nossas escolas e bibliotecas municipais. Até o momento, foram doados 219.350 livros, 100 Tablets e 100 computadores. Uma corrente do bem pela educação das nossas crianças. Em nome da Prefeitura, quero agradecer e parabenizar a atitude dessas empresas. Obrigado! #AceleraSP #JoãoTrabalhador#ObrigadoSP”, disse Doria em seu Facebook.

Confira o vídeo de agradecimento aqui. Na publicação, muitas outras empresas e até cidadãos estão oferecendo doações. 

 

Share Button

Sobre o Autor

Vinnícius Lopes