Curiosidades

7 coisas que provam que Pokémon GO está passando dos limites

Depois de tanta especulação, tanta espera, Pokémon GO finalmente foi lançado no Brasil e os fãs da série foram à loucura e também às ruas para capturar os seus queridos bichinhos.

Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já mostramos a notícia para você em primeira mão que Pokémon GO finalmente estava disponível para os fãs brasileiros.

E a febre com o jogo tem sido tamanha, que nossa redação tem recebido vários relatos a respeito do jogo baseado em realidade virtual. Confira a listinha que separamos para você com algumas coisas que provam que Pokémon GO está passando dos limites:

1 – O jogador que recebeu um dia de folga no trabalho para jogar

Em um comentário enviado, nossa equipe recebeu o relato de um internauta, que não quis que a identidade fosse revelada, em que ele conta que um belo dia recebeu folga no trabalho para ir atrás de novos Pokémons. E detalhe, com o chefe junto!

2 – A mãe preocupada com o filho jogador de Pokémon

13957453_1116795301734795_1385074037_n

Já o internauta Victor Prado relatou que com ele aconteceu uma história bem sinistra em que a mãe o avisa sobre um caso de atropelamento que aconteceu por conta de um jogador desatento.

3 – Pokémon sexta-feira à noite

13936825_1116796278401364_395612690_n

Essa história foi mandada por mais um seguidor da nossa página. Ele estava em busca de pokémons na rua já tarde da noite quando algo inesperado aconteceu e todo mundo ficou tão feliz que nem se deu conta do horário tarde da noite que já era.

4 – Os caçadores que ficaram trancados em um cemitério

cemiterio_11_ISnD8G3

De acordo com o portal G1, “Seis adolescentes ficaram trancados dentro de um cemitério no Centro de Divinópolis(MG) em dia de domingo, enquanto capturavam pokémons.

Os adolescentes ficaram no local por cerca de 1h presos até que moradores acionaram o Serviço Municipal de Luto para a abertura dos portões.”

5 – O taxista de Maceió que criou um serviço para os treinadores

poketaxi_2

O taxista Maurício de Oliveira criou um serviço para levar treinadores para caçar os pokémons pelos principais pontos de Maceió. Em entrevista ao G1, ele afirmou que “Vi em vários grupos de WhatsApp as pessoas falando o tempo todo sobre esse tal de Pokémon Go.

Daí, formulei um textinho e divulguei em todas as redes sociais pra ver se alguém falaria alguma coisa, e não foi que recebi várias ligações?! Eu libero o Wi-Fi do carro para todo mundo ir bem confortável na busca. E a gente conversa pra ver quais são os pontos mais estratégicos para levar o pessoal”.

6 – Os garotos que foram roubados enquanto jogavam

pokemon_go_paraiba

Dois adolescentes tiveram os celulares roubados no Centro de Cajazeiras, cidade do Sertão da Paraíba. Eles estavam com um grupo de adolescentes quando foram abordados por dois homens em uma motocicleta.

Os bandidos levaram os aparelhos celulares dos garotos. O assalto foi o primeiro registro feito relacionado ao novo jogo.

7 – O jogador que lutou com o assaltante

ladeira

Algo inesperado aconteceu com um jogador de Pokémon Go, no Norte do Espírito Santo. Um adolescente de 14 anos que jogava “Pokémon Go” teve o celular roubado e lutou com o suspeito na cidade de Linhares.

O assaltante conseguiu levar o aparelho e acabou deixando alguns pertences do local, mas não foi encontrado pela polícia. De acordo com o pai da vítima, “ele entrou em luta corporal com o bandido. Graças a Deus não se machucou e não teve nenhum problema serio. Eu já tinha orientado para não utilizar esse jogo. Eu falei para ele ficar esperto em relação a isso”.

O que você achou destes casos? Você está curtindo o jogo Pokémon Go? Mande seu comentário para gente! Conte alguma história bizarra que aconteceu com você que nós vamos coloca-la na matéria!


Mais Curiosidades