Tecnologia

Xiaomi vai produzir carros elétricos a partir de 2024

O presidente-executivo da gigante dos eletrônicos chinesa, Lei Jun, anunciou na terça-feira, 19, que a Xiaomi vai produzir carros elétricos de modelo próprio a partir do primeiro semestre de 2024. A novidade foi comentada em um evento de investidores e publicada inicialmente pela imprensa local, segundo informações da Reuters.

Após o anúncio do CEO, Zang Ziyuan, diretor no departamento internacional de marketing da Xiaomi, também publicou sobre a nova empreitada da empresa em sua conta na rede social chinesa Weibo.

O anúncio representa um grande avanço na divisão de veículos da empresa, a Xiaomi Automobile. A ideia da empresa é que seus carros sejam 100% elétricos, com conectividade avançada e pacotes de tecnologia e segurança dos mais avançados da indústria. Há, também, a possibilidade de que a gigante chinesa, a exemplo da rival Huawei e da americana Apple, invista também em modelos autônomos.

Investimento na Xiaomi Automobile

Xiaomi vai produzir carros elétricos a partir de 2024
Primeiro design de automóvel da Xiaomi, esse é o Bestune T-77

Em março deste ano, a Xiaomi informou que pretendia a investir US$ 10 bilhões em uma nova divisão de carros elétricos nos próximos dez anos. A empresa concluiu o registro comercial de sua unidade EV no final de agosto.

Após a informação ser divulgada, as ações da empresa subiram 5,4%, o maior aumento percentual desde 12 de maio, estendendo os ganhos para a terceira sessão seguida.

A empresa aumentou as contratações para a unidade automotiva, mas ainda não foi revelado se a produção dos carros será feita de forma independente ou por meio de parceria com uma montadora existente.

Xiaomi vai produzir carros elétricos a partir de 2024. A gigante chinesa do ramo da tecnologia confirmou que a indústria automobilística entra no novo plano comercial da empresa
O Baojun E300 é um carro elétrico do ano passado que já vinha com tecnologia da empresa. O carro em si já é fruto da joint-venture SAIC-GM-Wuling

Entretanto, a gigante também mostrou interesse em comprar a divisão de veículos elétricos da Evergrande, construtora chinesa que se encontra em problemas financeiros. Com isso, o transporte de mão de obra e tecnologia da empreiteira se juntará a uma divisão que já conta com mais de 100 funcionários.

Animado com a novidade, um fã já começou a criar artes fantasiando sobre como será o design do futuro carro. Batizado como Xiaomi Electric Car M1 pelo próprio artista, o modelo se assemelha ao esportivo Tesla. A Xiaomi, no entanto, já avisou que pretende criar carros para todos os setores do mercado.

Fontes: Reuters | 36Kr (em chinês)

E aí, será que Xiaomi consegue fazer o melhor carro elétrico custo-benefício? Confira também outras notícias de tecnologia aqui no Showmetech, incluindo as novidades dos novos smartphones do Google, a linha Pixel 6.

Veja também: