Tecnologia

WSL 1.0 agora está disponível na Microsoft Store; conheça o Linux para Windows

A Microsoft anunciou que o Windows Subsystem for Linux (WSL) ganhou uma nova versão estável na Microsoft Store. Agora disponível para clientes do Windows 10 e 11, o update traz algumas mudanças para dentro da solução. Além disso, a Microsoft afirmou que estará deixando de fornecer o WSL como um componente opcional do sistema operacional.

Embora ambas as versões (componente opcional e a disponível na Microsoft Store) forneçam a mesma experiência do usuário, com a segunda opção sendo o padrão, os usuários obterão atualizações e manutenção mais rápidas (assim que estiverem disponíveis) em vez de esperar por uma atualização do sistema operacional Windows.

Além disso, seguindo as solicitações dos clientes, todos os usuários do Windows 10 agora podem usar aplicativos Linux GUI após a atualização para a versão da Microsoft Store. “Hoje, o subsistema Windows para Linux (WSL) na Microsoft Store está abandonando seu rótulo de ‘preview’ e se torna disponível para todos os usuários dos Windows 10 e 11”, disse Craig Loewen, gerente de programa da plataforma de desenvolvimento do Windows.

Wsl 1. 0 agora está disponível na microsoft store; conheça o linux para windows
Nova versão estável do WSL já está disponível na Microsoft Store (Reprodução/Internet)

Por fim, outra observação presente nos detalhes da nova compilação orienta o uso de uma substituição em generator.early para evitar que o soquete /tmp/.X11-unix seja removido durante a inicialização. “Não crie um pty para o systemd para corrigir o problema em que o systemd atingiria o tempo limite durante a inicialização”, diz a nota de atualização.

A Microsoft lançou o WSL em 2018 como um serviço que permite aos usuários do Windows executar binários do Linux em seus computadores nativamente, usando o PowerShell ou um prompt de comando do Windows 10. Um ano depois, em 2019, a companhia lançou o WSL 2, uma atualização notável que aumentou significativamente o desempenho do sistema de arquivos, adicionando suporte para compatibilidade total de chamadas do sistema e usando um kernel Linux em execução em uma máquina virtual.

O que é o Subsistema do Windows para Linux?

O que é o subsistema do windows para linux?
Subsistema do Windows para Linux permite que os desenvolvedores executem um ambiente GNU/Linux dentro do próprio Windows (Reprodução/Internet)

O Subsistema do Windows para Linux permite que os desenvolvedores executem um ambiente GNU/Linux, incluindo a maioria das ferramentas de linha de comando, utilitários e aplicativos, diretamente no Windows, sem modificações e sem a sobrecarga de uma máquina virtual tradicional ou instalação dualboot.

A solução traz uma maior versatilidade a profissionais de TI, por exemplo. Caso seja necessário fazer um teste rápido ou executar uma linha de comando, utilitários e aplicativos do sistema, não será preciso iniciar uma máquina virtual com Linux – basta rodar o WSL. Além disso, o subsistema pode ser usado até mesmo no Windows Server 2022, sem se limitar ao Windows 10 e 11.

Já o WSL 2 é uma nova versão da arquitetura do Subsistema do Windows para Linux que capacita o Subsistema do Windows para Linux a executar binários ELF64 Linux no Windows. As metas principais dele são aumentar o desempenho do sistema de arquivos e adicionar compatibilidade completa com a chamada do sistema.

Essa nova arquitetura altera como esses binários do Linux interagem com o Windows e o hardware do computador, mas ainda fornece a mesma experiência do usuário que no WSL 1 (a versão atual amplamente disponível).

As distribuições individuais do Linux podem ser executadas com a arquitetura do WSL 1 ou do WSL 2. Cada distribuição pode passar por upgrade ou downgrade a qualquer momento e você pode executar distribuições do WSL 1 e do WSL 2 lado a lado. O WSL 2 usa uma arquitetura totalmente nova que se beneficia do uso de um kernel Linux real.

Veja também:

Versão mais barata do Windows 11 pode chegar com anúncios e soluções em nuvem. Entenda.

Fontes: Microsoft.