Tecnologia

Vazamento de dados do Facebook expõe 533 milhões de usuários

Vazamento de dados do Facebook deixa disponível na internet número de telefone, endereço de e-mail e data de aniversário de 533 milhões de usuários

Segundo o profissional de segurança virtual Alon Gal, um vazamento de dados do Facebook pode ter exposto informações de mais de 533 milhões de usuários pela internet. Informações como datas de nascimento, localizações, números de celulares e, em alguns casos, endereços de e-mail, estão disponíveis na internet.

Como aconteceu o vazamento de dados do Facebook?

Um bot do telegram permitia que usuários comprassem os dados vazados em janeiro.

Para quem acompanha vazamentos, o número de dados de 553 milhões de usuários pode parecer familiar, e com razão. Segundo informações, esse vazamento seria o mesmo que foi informado em janeiro, onde os dados estavam disponíveis para compra por meio de um bot de Telegram. Usuários de 106 países estão no vazamento, incluindo 32 milhões de usuários dos Estados Unidos, 11 milhões do Reino Unido e 6 milhões da Índia.

A diferença na disponibilidade dos dados, porém, é que dessa vez os dados estão disponíveis de forma gratuita na internet, em um fórum de hackers. Segundo o Facebook, todos esses dados são antigos, coletados em 2019, e segundo a empresa de Zuckerberg a vulnerabilidade já está arrumada desde agosto de 2019.

O vazamento de dados do Facebook é só mais um capítulo da segurança de dados de 2021. Para nós, brasileiros, a informação que 200 milhões de pessoas tiveram seus CPFs vazados por conta de uma vulnerabilidade descoberta na base de dados do Serasa está aumentando a incidência de fraudes e crimes cibernéticos desde janeiro.

Informações vazadas

Vazamento de dados do facebook
O site Have i Been Pwned conta com acesso a vários vazamentos, permitindo que pelo endereço de e-mail pessoas descubram se foram comprometidas.

Segundo Alon Gal, as seguintes informações foram vazadas:

  • Nome completo;
  • Localização;
  • Número de telefone;
  • Endereço de e-mail;
  • Data de aniversário;
  • Bios;
  • Local de trabalho;
  • ID do Facebook.

O site Have I Been Pwned conseguiu uma cópia dos dados vazados e já disponibilizou para os usuários, fazendo assim com que as pessoas possam verificar a partir de seus endereços de e-mail se estão no meio dos vazamentos. Segundo Troy Hunt, criador do site, é possível que o site disponibilize uma opção de pesquisa por meio de número de telefone no futuro.

Segundo Hunt, o vazamento conta com 2,5 milhões de endereços de e-mail únicos. Ainda segundo Hunt, com a presença de números de telefone no vazamento, uma grande leva de fraudes que necessitam somente do número de celular poderão ser realizadas, seja por SMS ou só por estar disponível facilmente.

Para mais informações sobre segurança de dados, como dicas de 8 aplicativos para aumentar a segurança de suas contas, fique de olho no Showmetech.

Fonte: The Verge, ZDNet, Depositphotos