Tecnologia

Vai fazer um plano de internet? Saiba qual é a melhor velocidade para a sua casa

Escrito por Paulo Carmino

Hoje em dia fica até difícil decidir qual a melhor velocidade da internet. Por isso, daremos algumas dicas para você escolher a melhor opção para sua casa

Com tantos planos à disposição no mercado brasileiro, fica até difícil decidir qual a melhor velocidade da internet para a sua casa. Atualmente, com diversos jogos online, streaming de filmes e séries, redes sociais, diversas pessoas usando a mesma rede, e tudo isso consumindo dados, se torna uma tarefa difícil estruturar bem o quanto de dados será gasto. Para começar a pensar sobre o assunto, primeiro vale a pena se fazer três perguntas:

  1. Qual operadora você deve escolher?
  2. Quais as tecnologias de internet disponíveis na sua região?
  3. Qual velocidade abrange as suas necessidades?

Muitos consumidores acabam contratando um plano de internet com uma velocidade acima do que precisam. A consequência disso é que acabam pagando mais do que deveriam e perdem a chance de poupar dinheiro. Porém, o mais comum é acabar contratando planos que não atendem devidamente às necessidades reais dos consumidores.

Diversas operadoras para escolher

É preciso decidir se você está em busca de economia, ou se está disposto a gastar um pouco mais para ter um serviço melhor

A escolha da operadora, ou seja, o provedor que irá fornecer o serviço de internet, deve ser feita de acordo com as suas prioridades. É preciso decidir se você está em busca de economia, gastar um pouco mais para ter um serviço melhor, ou até mesmo se a sua prioridade é alguma tecnologia específica.

Existem diversas operadoras como a Net Virtua, Tim Live e a Vivo Fibra, que oferecem serviços de internet de fibra ótica. A Oi Internet, que possui diversos serviços como o Oi Velox, é considerada uma das operadoras com banda larga mais acessível do país. Até mesmo vale a pena considerar pequenos provedores da sua cidade, que podem acabar atendendo às suas demandas.

Fique atento na hora de trocar de plano

A maioria das operadoras colocam em seu contrato um prazo de fidelidade de 12 meses. Caso o serviço seja cancelado antes do período, existe a chance de uma multa ser cobrada – essa multa possui um valor bem alto. Por isso, é importante escolher com sabedoria o plano de velocidade da internet, para que não haja dores de cabeça desnecessárias.

Em caso de grandes promoções, é válido fazer a conta no papel e verificar se o desconto no novo plano é maior do que a multa a ser paga. Às vezes migrar de um serviço péssimo, pode ser uma saída que valha a pena pagar. O que importa mesmo é as suas necessidades como consumidor, e o quanto se está disposto a pagar por um serviço – ou sair dele.

Disponibilidade da região

Vale a pena lembrar que é extremamente importante verificar a disponibilidade dos serviços no seu endereço. Isso é bastante crucial, pois pode acabar acontecendo de ser contratado um serviço de internet e a empresa não possui disponibilidade na sua região, gerando desconforto e dor de cabeça.

Muitas regiões costumam não possuir os serviços de Fibra Ótica, por exemplo. A Tim Live só possui atuação no Rio de Janeiro e São Paulo. Até mesmo, caso haja, as empresas podem optar por não vender o pacote, por estar muito longe da caixa de distribuição, o que faz com que o serviço não seja bem atendido.

Escolhendo a velocidade da internet ideal

Antes de partir diretamente para as velocidades da internet em si, vale lembrar que as velocidades dos pacotes vendidos são baseados na velocidade de download. Isso significa que, toda vez que toca um vídeo, um site é acessado, o que está sendo utilizado é a capacidade de download. Se você curte uma série, assistir a gameplays no youtube, ouvir música, deve focar bastante nesse tipo de informação.

Porém, todo pacote vendido também tem a velocidade de upload que, geralmente, costuma ser a metade da velocidade de download. A velocidade de upload são os dados que são enviados para a rede. Enviar um e-mail, salvar fotos no Google Drive, postar um vídeo no YouTube, são exemplos de coisas que exigem da sua capacidade de upload. Pessoas que fazem lives ou fazem streaming de jogos, devem ficar muito atentos a velocidade de upload.

A quantidade de pessoas na casa também conta para o cálculo do gasto. E, bem como a quantidade, os usos que cada integrante da residência faz da internet. Pessoas que usam redes sociais e mandam e-mail, costumam consumir pouca velocidade da internet se comparado a pessoas que jogam jogos online.

Confira uma lista de dicas para validar suas necessidades:

  • Consumo moderado (e-mails, redes sociais, blogs de notícias): 5MB de velocidade por pessoa;
  • Consumo médio (Netflix, YouTube, redes sociais): 7MB a 10MB de velocidade por pessoa;
  • Consumo alto (jogos online, downloads, Netflix): 10MB a 15MB de velocidade por pessoa.

Wi-Fi ou internet a cabo?

existe uma perda muito grande de velocidade quando a internet do cabo é convertida em wi-fi
Existe uma perda muito grande de velocidade quando a internet do cabo é convertida em wi-fi

Há muitas pessoas que pensam que a internet Wi-Fi faz parte do pacote, porém ela nem sempre está inclusa. O que acontece é que as empresas oferecem o serviço como bônus para os clientes, geralmente, junto com o equipamento que é montado na residência do consumidor.

Fato é, que existe uma perda muito grande de velocidade quando a internet do cabo é convertida em Wi-Fi. Além disso, a conexão wireless está propensa a barreiras externas, o que faz com que seja muito imprevisível o seu nível de estabilidade. Para pessoas que jogam muito online ou fazem streaming de jogos, inclusive, é muito recomendado que evitem a utilização do Wi-Fi.

Justamente por isso, o consumidor não possui o direito de reclamar caso a conexão Wi-Fi esteja ruim, uma vez que é um bônus e não um pacote contratado. Algumas dicas para reverter essa situação é solicitar que a operadora instale o modem wireless com a tecnologia mais recente na sua residência, ou buscar utilizar a internet conectada diretamente no computador, sempre que possível.

Faça as contas, coloque todos os dados no papel e escolha o melhor plano de internet para você! Qual é a velocidade de internet da sua casa? Deixe nos comentários!

Sobre o Autor

Paulo Carmino