Geek

Único Nintendo PlayStation do mundo entra em leilão a US$ 32 mil

Escrito por Paulo Carmino

O único protótipo conhecido do Super Nintendo PlayStation entrou em leilão, com lances começando em US$ 32.000.

O protótipo leiloado é uma das 200 unidades fabricadas durante uma curta parceria entre a Sony e a Nintendo no início dos anos 90, quando a primeira foi incumbida de desenvolver uma unidade de CD para o Super Nintendo.

O plano inicial da Nintendo era vender esta extensão que permitiria jogos mais sofisticados no SNES, trocando os cartuchos pela mídia CD-ROM, grande novidade da época. O projeto acabou abortado, mas motivou a Sony a continuar com suas pesquisas de hardware para console e usar a mesma marca PlayStation em um hardware próprio, tendo os CDs como mídia. O resto da história todos conhecem.

Aparentemente, todos os protótipos do “Nintendo PlayStation” foram destruídos na época, mas uma unidade acabou sendo preservada pelo primeiro CEO da divisão de jogos da Sony, Olaf Olafsson. Ainda no começo dos anos 90, o executivo deixou a Sony, mas levou seu protótipo do PlayStation para seu novo escritório na Advanta Corporation, onde se tornou presidente em 1998.

Pouco mais de um ano depois, Olaf trocou a Advanta pela Time Warner, mas deixou seu protótipo do Nintendo PlayStation para trás. Em seguida, a Advanta pediu falência e começou a reunir tudo em seu escritório corporativo para vender em leilão. O protótipo do Nintendo PlayStation foi então encaixotado junto a itens diversos que seriam vendidos em um lote, sem especificação de cada item.

Um dos lotes foi comprado por Terry Diebold, ex-funcionário da Advanta, mas ele próprio não sabia que uma relíquia histórica e muito valiosa havia sido encaixotada junto dos outros bens do escritório. A descoberta do “Nintendo PlayStation” só aconteceu em 2015, quando o filho de Diebold resolveu organizar a bagunça que o pai havia deixado no sótão de casa. “Meu pai tem toneladas de sistemas antigos e coisas assim. Ele guarda tudo”, disse o incrédulo descobridor da relíquia em 2015.

O “Nintendo PlayStation” possui um slot para jogos do Super Famicom/Super Nintendo, e também uma unidade de CD-ROM destinada a reproduzir mídia e jogos baseados em disco.

Embora a unidade de CD-ROM não estivesse funcionando quando o protótipo foi encontrado, ela foi reparada e agora é capaz de reproduzir CDs de música como o PlayStation produzido comercialmente, mas não há software proprietário que tenha sido produzido. Uma pequena tela do protótipo na parte superior do console mostra ao usuário qual faixa de música está sendo reproduzida no CD.

Como é comum em aparelhos eletrônicos muito antigos, a carcaça do Nintendo PlayStation mostra sinais de envelhecimento, tendo se tornado mais amarelada que o protótipo original. Os autores do leilão explicam que o material usado, acrilonitrila-butadieno-estireno ou ABS, é naturalmente inflamável, por isso foi frequentemente tratado com retardadores de chama, sendo o bromo o mais comum. Como o bromo é exposto à radiação ultravioleta, ele oxida e causa a cor amarelada.

Sobre o Autor

Paulo Carmino