Geek

Único “Nintendo PlayStation” do mundo é vendido por US$ 360 mil

Escrito por Paulo Carmino

O leilão da única unidade do Nintendo PlayStation, um console Super Nintendo com leitor de CD-ROM desenvolvido pela Sony, foi concluído com um lance de US$ 300 mil dado por um vendedor anônimo. No total, com incluindo a comissão e tarifas, o comprador pagará US$ 360 mil.

O valor pode parecer alto, mas deve ter frustrado o dono do item, que diz ter recebido uma oferta de US$ 1,2 milhões de um norueguês antes de decidir leiloá-lo. A peça atraiu atenção da mídia mundial, mas o leilão não fez tanto sucesso e nenhum um lance foi dado no último dia, encerrando a disputa nos US$ 300 mil oferecidos ainda em fevereiro.

No mês passado, o fundador da Oculus VR, Palmer Luckey, revelou que foi dele o penúltimo lance, de US$ 290 mil (US$ 350 mil no valor total). Pelo Twitter, o jovem que vendeu a Oculus ao Facebook em 2014 por mais de US$ 2 bilhões perguntou quem seriam “os malucos” que estavam competindo com ele no leilão. Desde então, ele não comentou mais o assunto, nem confirmou a hipótese de ser dele o lance vencedor.

Luckey, que tem um patrimônio estimado em US$ 700 milhões, afirmou que tem “a maior coleção de videogames” e acrescentou que “a realidade virtual perfeita garantirá que a experiência original continue para sempre, mas precisamos manter essas coisas vivas e funcionais enquanto isso”. Ele pretende digitalizar todos os aparelhos e peças físicas e criar modelos 3D para um projeto de preservação.

Questionado se pretendia comprar o protótipo Nintendo PlayStation para sua coleção pessoal, em vez de doar o dispositivo raro a um museu público, Luckey respondeu: “A disponibilidade pública é apenas uma questão de tempo, tenho mantido as coisas em segredo até então. Estou preservando as cópias originais nas instalações de armazenamento de videogame mais avançadas já construídas”.

Com o encerramento do leilão, o Nintendo PlayStation se tornou o item mais raro e valioso da história dos games, com preço quase quatro vezes superior ao de uma cópia selada de Super Mario Bros. vendida por US$ 100 mil no ano passado.

O protótipo do Nintendo PlayStation seria a última peça de 200 unidades fabricadas durante uma parceria fracassada da Sony com a Nintendo no início dos anos 90.


Sobre o Autor

Paulo Carmino