Geek

Uma Entrevista com Produtor e Diretor Naoki Yoshida – PlayStation.Blog BR

Escrito por Paulo Carmino

Se alguém conhece Final Fantasy XIV como a palma da mão, certamente seria Naoki Yoshida, o produtor e diretor do jogo. Para marcar o recente aniversário de MMO, ele queria compartilhar um convite para se juntar a ele e milhões de outros jogadores dedicados e desfrutar do RPG multiplayer.

Sabendo que entrar para uma comunidade bem-estabelecida – e experimentar uma aventura inédita – pode ser assustador, Yoshida-san oferece seus conselhos para fãs de PlayStation 4 que estão interessados em participar mas não sabem por onde começar, e explica exatamente a razão pela qual não há uma hora melhor para fazer isso.

Você não precisa ser um veterano de MMO para curtir Final Fantasy XIV

Yoshida-san, está sempre se expandindo, o que quer dizer que pode ser fácil esquecer a sensação de dar seus primeiros passos na aventura. Também pode ser difícil olhar para o jogo com a perspectiva de um novato quando se está tão envolvido no processo de desenvolvimento.

Imagine você mesmo não apenas como um novo jogador de FFXIV, mas também como um novato em MMORPGs (RPGs Online Massivos). Você não sabe quase nada sobre o gênero e você acabou de comprar a edição completa de FFXIV [que inclui o jogo-base e duas enormes expansões pós-lançamento: A Realm Reborn, Heavensward e Stormblood]. Você criou seu personagem, assistiu às primeiras cenas e um mundo novo está se abrindo. O que você sabe? Como você começa sua jornada como o Guerreiro da Luz?

Naoki Yoshida: “Certo, então, a primeira pergunta para começar é bem difícil [risos]! Se eu não soubesse nada, eu começaria simplesmente curtindo a história. Mesmo que não tivesse qualquer experiência com MMORPGs, eu ainda seria o mesmo fã da série FINAL FANTASY que sou hoje. Então, acho que viajaria pela história principal como faria com empolgação para ver o que me espera nesse conto de FF.”

Final Fantasy XIV

FFXIV inclui muitas alusões a FFs anteriores (para alguns, eles podem até parecer uma homenagem à série como um todo). Há nomes de missões, lugares e pessoas tirados diretamente de jogos anteriores de Final Fantasy como Warriors of Darkness (FFIII), Doma (FFVI), o jogo de cartas Triple Triad (FFVIII) e muitos outros. Enquanto isso te enche de nostalgia, você nota que o jogo foi criado por amantes da série que querem mantê-la fiel às suas raízes.

No que se trata de jogar FFXIV e encontrar seu caminho para virar um Guerreiro da Luz, as missões da história principal seguram sua mão no começo. Elas te ensinam tudo, de aceitar missões até como lidar com a profissão que você escolheu!

Mas antes de mergulhar para salvar o mundo, você precisa criar seu personagem! Falemos sobre isso; muitos jogadores sabem que você ama o jogo e especialmente jogar como Lalafell [raça jogável de pequenas criaturas fofas] com black mage sendo sua profissão principal. Ninguém provavelmente te viu jogando com outra combinação de raça e profissão então… se você tivesse que escolher entre jogar como black mage ou Lalafell, qual escolheria (sabendo que você teria que abrir mão do outro) e por que?

NY: “Jogaria como Lalafell com profissão diferente. Por que? Porque Lalafell é Justiça! :p”

Final Fantasy XIV

Lalafell black mage Lalafell de Yoshida visto em um dos desafios de foto de #XIV14Days

Salvar o mundo – ou derrubar um monstro épico – é muito mais recompensador porque você trabalhou em equipe com outros jogadores

Um tema de unifica todos os FFs é salvar o mundo. Apesar de ser um herói nem sempre ser fácil e a jornada é longa… o que você acha mais recompensador na aventura à sua frente? O que seria mais desafiador?

NY: “Acho que provavelmente me encontraria deslumbrado enquanto corria pelas cidades vendo outros personagens, enquanto pensava: “Esses personagens são ‘pessoas’ de verdade jogando em algum lugar do mundo, como continuo fazendo!” Foi assim quando joguei Ultima Online (logo depois de ser PKed [morto por outro jogador] que foi bem chocante lol).

Acho que o primeiro momento que me deixaria bem empolgado seria atingir nível 15 nas missões da história principal e participando em um calabouço com outros jogadores. É por isso que acredito que acima de tudo, completar algo com outras pessoas pela primeira vez tem um nível de empolgação de tirar o fôlego. :p”

Você pode facilmente entrar para grupos e começar a forjar amizades com outros aventureiros

Deve ser empolgante jogar com outras pessoas. Jogos online são melhores quando você joga com amigos. Se você ainda não tem amigos em FFXIV, não é difícil criar novos. Você pode entrar para uma Free Company [a versão de FFXIV de uma guilda, o que facilita jogar com pessoas parecidas e explorar Hydaelyn com barcos voadores e permite que vocês cuidem de uma casa juntos], entrem para um Linkshell [o termo de FFXIV para um chat em grupo] ou apenas passear, ajudar e conversar com jogadores!

Final Fantasy XIVFinal Fantasy XIV

FINAL FANTASY XIV Fan Festival em Frankfurt 2017

Yoshida-san, FFXIV recentemente celebrou seu quarto aniversário desde o lançamento de A Realm Reborn! Quais elementos desde o lançamento de A Realm Reborn em 2013 até agora e tudo que vocês fizeram desde então você é especialmente grato?

NY: “Até agora os jogadores realmente me deram muita razão para ficar grato. Entre elas, o que se destaca do resto teriam de ser os Festivais de Fãs [enormes eventos da comunidade realizados pelo mundo afora nos quais jogadores se encontram para anúncios exclusivos e muitas atividades dentro e fora do jogo]. Eu visitei diversos deles pelo mundo, mas quem se reúne para Festivais dos Fãs são ninguém menos do que os Guerreiros da Luz. Ser capaz de ver o entusiasmo de todo mundo e seus sorrisos realmente me deixa feliz, e fico com uma verdadeira sensação de conquista nessa época também. Mal posso esperar para o próximo Festival!

Eu também tenho uma sensação real de realização pelo fato da equipe de Desenvolvimento e a equipe de Operações serem uma só, e estamos sempre disponibilizando atualizações e pacotes de expansão de larga escala. É um verdadeiro desafio fazer isso constantemente e continuar a gerar receita. Não tenha nada senão respeito e gratidão à equipe de desenvolvimento que torna isso possível.”

A conquista mais orgulhosa de Yoshida como jogador de FFXIV

Agora que você mencionou conquistas, qual é a conquista que mais te orgulha (como jogador) já feita em FFXIV?

NY: “Tenho tantas memórias, mas acho que foi completar The Second Coil of Bahamut – Turn 4. Eu tinha completado durante testes no desenvolvimento, mas foi outro nível de felicidade completar anonimamente junto com jogadores de verdade.”

The Second Coil of Bahamut é a segunda parte de um raid de alto nível [“calabouço” para 8 jogadores] que saiu em 2014 como parte de A Realm Reborn, o relançamento de FFXIV. Na época, era oraid para testar suas habilidades e as do time. Aventureiros em Hydaelyn ainda testam suas habilidades lá quando não estão fazendo raids mais recentes!

Final Fantasy XIVFinal Fantasy XIV

The Second Coil of Bahamut

Yoshida-san, se você pudesse incorporar uma coisa de FFXIV no mundo real, o que seria, e por que?

NY: “Seria a habilidade de usar Teleporte! Odeio aviões! Mas não precisaria ser de XIV, né? Hmm… então eu viraria um Guerreiro da Luz e salvaria o mundo. Acho [risos].”

O mundo claramente precisa ser salvo às vezes. Finalmente, preciso perguntar isso; já muitos jogos incríveis por aí, o que você acha que torna FFXIV único?

NY: “Precisa ter gráficos, sons e abundância de batalhas incríveis, tudo isso mesclando uma experiência de jogabilidade; e tudo isso é ligado por uma história principal poderosa que rivaliza um RPG tradicional.”

FFXIV pode ser um MMO, mas é antes de mais nada um FINAL FANTASY. Se você ainda não é um jogador, mas gostaria de testar a vida de Paladin ou se tornar o maior pescador em Eorzea, você pode baixar o teste gratuito no PS4 que permite a você jogar o quanto quiser gratuitamente até o nível 35.

Vemos vocês em Hydaelyn!

P.S. Quem sabe, talvez você acabe jogando com o grão-mestre de FFXIV sem saber!

Sobre o Autor

Paulo Carmino