Geek

Ubisoft critica modelo da Steam: “não é realista”

Escrito por Paulo Carmino

A Ubisoft voltou a criticar o modelo de distribuição da Steam, que retém 30% do faturamento dos jogos listados na loja. Para a editora francesa, esta é a razão dela e outras estarem migrando em força para a rival Epic Games Store.

A Epic, diferente da Steam, retém apenas 12% da receita do jogo, o que deixa 88% para os desenvolvedores ou editoras, em oposição aos 70% da Steam. A divisão 70-30 é comum nas lojas online e é a proporção adotada nas lojas do PlayStation, Xbox, Apple e Google, mas não serve para a distribuição no PC, na opinião do vice-presidente de parcerias e receita da Ubisoft, Chris Early.

“Não é realista o atual modelo de negócios que eles têm”, disse Early ao New York Times. “Não reflete onde o mundo está hoje em termos de distribuição de jogos”.

Desde o lançamento de The Division 2, a Ubisoft tirou seus jogos da Steam para focar na Epic Games Store e em sua própria loja virtual, a Uplay, onde ela não precisa dividir suas receitas.

Sobre o Autor

Paulo Carmino