Geek

Série Need for Speed ​​está voltando para a produtora Criterion, de Burnout

Escrito por Paulo Carmino

A EA devolveu o desenvolvimento da série Need for Speed ​​à Criterion Games, e agora planeja reestruturar a Ghost Games, que desenvolveu os quatro últimos títulos da série de corrida.

Baseada em Guildford, na Inglaterra, a Criterion é mais conhecida pela série Burnout, mas também já fez incursões por gêneros como o de tiro, com Black, e desenvolveu dois títulos anteriores de Need for Speed: Hot Pursuit de 2010 e Most Wanted de 2012. A produtora também contribuiu com Need for Speed ​​Rivals em 2013 e, mais recentemente, com dois jogos da DICE, Star Wars Battlefront II e Battlefield V.

A Ghost Games, que não conseguiu criar um grande sucesso na franquia Need for Speed, está sendo reestruturada e passará a se chamar EA Gothenburg. O estúdio voltará a funcionar como uma unidade de apoio da EA, ou um centro de engenharia que auxilia projetos em desenvolvimento em outros estúdios.

Cerca de 30 posições no estúdio sueco estão em risco, mas a EA informou que espera colocar recolocar “o maior número possível” dos possíveis demitidos em outros cargos na empresa.

“Apesar dos nossos melhores esforços para estabelecer um grupo de desenvolvimento independente em Gotemburgo ao longo de vários anos, ficou claro que a amplitude de talento que precisamos para manter um estúdio AAA completo não está disponível para nós lá”, comentou um porta-voz da EA.

“A Ghost Games ajudou a trazer ótimas experiências de Need for Speed ​​para nossos jogadores. Cumprir consistentemente isso nos níveis AAA significa que precisamos de equipes com habilidades diversas em locais onde possamos apoiá-las continuamente e trazer novos membros para participar”.

“A Criterion também pode fornecer a liderança consistente de que precisamos para continuar criando e entregando novas experiências de Need for Speed ​​por muito tempo. É um estúdio fantástico, e estamos ansiosos para adicionar à sua equipe talentosa e construir um grande futuro para Need for Speed. As equipes de engenharia em Gotemburgo também são vitais para nossos planos em andamento na EA”.

Need for Speed ​​Heat, o último produzido pela Ghost Games, saiu em novembro e teve avaliações medianas, sendo considerado pela maioria um NFS sem muita inspiração.

Sobre o Autor

Paulo Carmino