Decoração & Design

Restaurante cria fazenda em meio aos prédios de Nova York

O restaurante Riverpark Farm foi inaugurado nesta semana, para levar um pouco do campo para NY. Além de manter traços arquitetônicos que remetem a uma fazenda, a alimentação é orgânica e produzida ali mesmo na área ocupada pelo restaurante.

O restaurante Riverpark Farm foi inaugurado nesta semana com a proposta de levar um pouco do campo para Nova York. Além de manter traços arquitetônicos que remetem a uma fazenda, a alimentação é orgânica e produzida ali mesmo na área ocupada pelo restaurante.

As pessoas que vão ao Riverpark Farm têm a sensação de estar em um piquenique feito ao lado do Empire State. A preocupação com os alimentos e com o cumprimento do seu ideal pode ser percebida em cada detalhe do ambiente e do cardápio. Os alimentos que não são produzidos ali mesmo nas hortas do restaurante, são adquiridos de uma fazenda orgânica instalada a menos de 200 quilômetros da cidade.

Por estar totalmente disposto a apresentar pratos feitos com ingredientes naturais o restaurante não possui um menu fixo. O chef e sócio do empreendimento, Sisha Ortúzar, explica que os cardápios são criados a partir dos alimentos que são colhidos, por isso tendem a variar, diante de diversos fatores.

É certo que todas as pessoas que estiverem à mesa do Riverpark Farm sempre poderão degustar comidas saudáveis e de qualidade, mesmo que os chefs tenham que encontrar jeitos diferentes de servir os alimentos da época. “A agricultura não é previsível. A maioria dos chefs quer o que querem quando querem”, declara o agricultor Zach Pickens, que também faz parte do projeto e explica que lá eles precisam se adaptar às circunstâncias. O alimento do momento é o manjericão, por isso os cozinheiros têm desenvolvido novos pratos para usá-lo.

 A “fazenda” construída no restaurante é móvel, feita a partir de centenas de caixas empilhadas e forradas com materiais respiráveis. Assim, as plantas podem ser transportadas para outros lugares, para estarem protegidas em caso de eventos climáticos incomuns, como a recente passagem do furacão Irene.

“O cheiro tentador, o frescor dos alimentos e a magia do cenário fazem deste lugar uma maravilha real em Manhattan”, declarou a repórter Brit Liggett, do site norte-americano Inhabitat, após visitar o restaurante. Com informações do Inhabitat.

Redação CicloVivo