Geek

Resident Evil 2 Remake vai bem nas primeiras análises

Escrito por Paulo Carmino

O remake de Resident Evil 2 parece ter correspondido às altas expectativas, pelo menos da maioria dos avaliadores de sites internacionais que publicaram as primeiras análises do jogo nesta terça-feira.

No agregador Metacritic, Resident Evil 2 está no momento com uma média bem alta: 91/100, sendo a nota mais baixa um 7/10 do site norueguês Gamer.no. Algumas opiniões são unânimes, como a qualidade dos gráficos, a ótima atmosfera de horror remanescente do original, agora mais convincente que nunca, e o bom trabalho da Capcom em reconstituir o horror de sobrevivência de 1998 com conteúdos que o fazem parecer um jogo novo mesmo para quem experimentou o original.

“O remake de Resident Evil 2 é um lembrete de como os jogos de horror de sobrevivência foram criados em seu auge. De um orfanato aterrorizante aos esgotos supurados abaixo da cidade, a sensação de ação é sempre perfeitamente combinada com a estética do ambiente. O ritmo, construído gradualmente a partir de muitos minutos de exploração silenciosa e resolução de quebra-cabeças para batalhas gigantescas e pulverizantes, é exato e belo, como uma monstruosa ópera de Wagner”, escreveu o avaliador do jornal inglês The Guardian, que deu a nota máxima de cinco estrelas ao jogo.

Para o autor da resenha do Game Informer, Resident Evil 2 é o tipo de jogo que ele espera que a Capcom continue a criar após muitas experimentações com a franquia. “Resident Evil 2 apenas é lindo como tem ótima jogabilidade e obriga você a uma série de encontros sombrios que são adrenalina total. Resident Evil está finalmente mostrando todo seu potencial”, diz o veredicto, acompanhado da nota 9,5/10.

Algumas análises criticaram alguns fundamentos da série criados no final da década de 90, que podem parecer ultrapassados para a geração atual, como o inventário ou os confrontos com os “chefes de fase”, que podem ser frustrantes quando combinados com o controle pouco ágil dos protagonistas.

“Em termos de outras referências aos jogos antigos, as lutas contra chefes ainda são… bem b****. Os controles lentos e metódicos que funcionam tão bem na promoção de um senso de vulnerabilidade gerenciável contra zumbis tornam-se lentos e enfadonhos contra inimigos e chefes mais rápidos”, comentou o Games Radar, que deu a nota 4/5, ou 8/10.

“Mas um deslize não mata um clássico e é interessante ver quanto do antigo jogo funciona. Movimento limitado que deixa você exposto, recursos escassos e camadas meticulosas de resolução de quebra-cabeças são todos os pilares do original e, após a reinvenção total da reinicialização em primeira pessoa de Resident Evil 7, isso prova que essas ideias ainda têm pernas. Agora vamos falar de Dino Crisis…”

Mas o Gamespot, que também deu a nota 9/10, acha que mesmo tendo raízes antigas, Resident Evil 2 foi retrabalhado de forma competente, e acabou sendo “algo que parece totalmente novo”.

O remake de Resident Evil 2 sai nesta sexta-feira, 25 de janeiro, para PC, PS4 e Xbox One. Veja algumas notas publicadas:

USgamer – 4.5/5
PC Gamer – 89/100
Game Informer – 9.5
GamesBeat – 85/100
PCGamesN – 8
IGN – 8.8
Guardian – 5/5
Gamespot – 9
Telegraph – 5/5
CGMagazine – 8.5
EGM – 9.5
Push Square – 8
Press Start – 10
Stevivor – 10
VideoGamer – 9
GamesRadar+ – 4/5
Easy Allies – 9

Sobre o Autor

Paulo Carmino