Desenvolvimento

Reino Unido autoriza construção da maior usina eólica offshore do mundo

A estrutura deve ser construída na região costeira de Yorkshire com investimento de 8 bilhões de libras.

As autoridades britânicas autorizaram o projeto da maior usina eólica offshore do mundo. A estrutura deve ser construída na região costeira de Yorkshire a partir de um investimento que pode chegar a oito bilhões de libras, conforme informado pelo jornal The Guardian.

O projeto de parque eólico é mais uma demonstração dos esforços para tornar o Reino Unido uma referência na produção de energia limpa a partir da força dos ventos. Somente a nova usina deve ser capaz de gerar eletricidade suficiente para abastecer 2,5% da população britânica.

De acordo com o secretário de Energia e Alterações Climátivas, Ed Davey, produzir energia limpa dentro do próprio país é “o melhor negócio para os consumidores e para reduzir a dependência de importações estrangeiras”. Desde 2010 os britânicos já destinaram 14,5 bilhões de libras à energia eólica. Em troca foram criados mais de 35 mil postos de emprego.

Não seria diferente no projeto mais ambicioso do Reino Unido. Apenas no projeto de Yorkshire devem ser usadas 400 turbinas eólicas ao longo de quase 700 metros quadrados. A construção ainda deve oferecer até 4.750 novas vagas de emprego diretas e indireta, e energia para abastecer dois milhões de residências.

Atualmente os britânicos contam com 1.200 turbinas eólicas offshore instaladas em alto mar, com capacidade para produzir cerca de quatro gigawatts de energia. 

Redação CicloVivo