Geek

Performance em dobro: Kioxia revela SSDs PCI-E 5.0 com 14 GB/s de leitura

Se os SSDs baseados no protocolo PCI-E de quarta geração já são considerados rápidos, seus sucessores podem ser ainda mais surpreendentes. Na última quinta-feira (23), a Kioxia, antiga divisão da Toshiba Memories, revelou um protótipo de seus futuros solid state drives PCI-E 5.0 que terão o dobro de desempenho de seus antecessores.

Para efeitos comparativos, o SSD Kioxia CM6 PCI-E 4.0 atinge 6,9 GB/s de leitura sequencial e 4,2 GB/s de gravação sequencial. Já os novos SSDs PCI-E 5.0 da fabricante japonesa alcançarão incríveis 14 GB/s e 7 GB/s de leitura sequencial e gravação sequencial, respectivamente.

Imagem comparando os atuais SSDs da Kioxia com as futuras unidades baseadas no protocolo PCI-E 5.0

Novas unidades baseadas no protocolo PCI-E 5.0 prometem o dobro de desempenho comparadas às versões de 4ª geração. Foto: Reprodução

Mas as melhorias não param por aí: o aumento de desempenho também será visto nas leituras e gravações aleatórias e os futuros SSDs PCI-E 5.0 da Kioxia vão gerenciar cerca de 2,5 milhões de IOPS (operações de entrada e saída por segundo) — um aumento aproximado de 78% em comparação com os 1,4 milhão de IOPS gerenciados na atual versão.

Além disso, a latência cairá para 70μs (leitura) e para 10μs (gravação) nos novos componentes. Na prática, isso significará uma linha de solid state drives muito mais rápida.

[–quebra–]

Disponibilidade dos novos SSDs da Kioxia

Durante o anúncio do seu protótipo, a companhia revelou que seus futuros produtos baseados no protocolo PCI-E 5.0 chegarão ao mercado até o fim de 2021, sem informar detalhes sobre quanto vai custar.

Naturalmente, essas unidades chegarão inicialmente para o mercado corporativo e de data center antes de chegar para os usuários. Aliás, a expectativa é de que esses SSDs sejam disponibilizados para os “consumidores comuns” somente no ano que vem.

Vale lembrar que ainda não há um chipset ou CPU compatível com o barramento PCI-E 5.0. Os primeiros modelos devem ser os processador Alder Lake, da Intel, que serão lançados já nos próximos meses.

De qualquer forma, a novidade da Kioxia servirá como impulsionador tecnológico: as empresas vão se movimentar para criar drivers adequados, enquanto as outras companhias de SSDs certamente vão seguir os passos da japonesa. O pontapé foi dado.

Fonte: PC Gamer


Fonte: KaBuM