Tecnologia

Os maiores avanços tecnológicos de 2023

Apple Vision Pro
Imagem: Divulgação Apple.

O ano de 2023 teve os holofotes centrados em tecnologias que indicam tendência de futuro. Pensando nisso, muito se falou sobre Inteligência Artificial e modelos que são treinados para oferecer recursos e ferramentas poderosas, como é o caso do ChatGPT, do Copilot da Microsoft, o Bard do Google e demais outros recursos.

Esse ano também destrinchou a Computação quântica. Vimos mais timidez no mercado mobile, com marcas tendendo a trazer smartphones mais capados em relação à geração anterior. Os computadores também ficaram mais tímidos, com menos possibilidades de agregar recursos novos – mas sim de melhorar o que já existe.

Separamos algumas das melhores tecnologias de 2023 e você pode vê-las abaixo:

Inteligência artificial (IA)

2023 foi um ano de ruptura para a IA. Este foi o ano em que o ChatGPT – o garoto-propaganda da IA generativa – foi empacotado em algo que pode caber em seu smartphone ou computador portátil. Gemini, a resposta do Google para o OpenAI, começou a alimentar os serviços que você usa no dia a dia. Esse tipo de integração em serviços e dispositivos cotidianos era impensável há cinco anos.

No entanto, essa tecnologia tem sua cota de desvantagens, bem como consequências não intencionais que só agora estamos começando a perceber. Por exemplo, as pessoas não podem mais distinguir a diferença entre faces reais e geradas artificialmente — o que pode tornar os deepfakes mais difíceis de detectar.

E descobrimos que, assim como os humanos, o ChatGPT pode ser desonesto quando colocado sob pressão. Isso é especialmente preocupante porque o programa foi construído para ser honesto.

Além disso, essas IA’s estão causando dor de cabeça para setores como os jornais, que acusam as gigantes da tecnologia de usarem seus artigos para treinamento de serviços como o ChatGPT da OpenAI e o Copilot da Microsoft.

Computação quântica

Computação quântica parece uma daquelas tecnologias “de cinco ou 10 anos de distância”, mas não há como negar que o campo está fazendo avanços significativos e que em 2023 isso foi bastante refletido.

Um dos mais impressionantes veio em dezembro, quando a IBM lançou seu computador quântico System Two. O lançamento coincidiu com o lançamento de um chip quântico de 133 qubits, apelidado de “Heron” – que os especialistas estão muito mais animados do que o chip de 1.000 qubits lançado ao mesmo tempo. Por que? Porque Heron é menos barulhento do que seu primo maior e, portanto, provará ser uma tecnologia fundamental para futuros chips.

IBM Heron Quantum  Os maiores avanços tecnológicos de 2023 ibm generation quantum processor

Realidade Aumentada

A Realidade Aumentada – apesar de ter tido uma freada nos últimos anos – também viu avanços reais e é uma área que tem convencido de que pode fazer a diferença no futuro. Os óculos inteligentes também estão ficando mais estilosos — basta ver a colaboração da Meta com a Ray-Ban, por exemplo.

Em última análise, à medida que a tecnologia amadurece, esses avanços servirão apenas para borrar ainda mais as linhas entre o que é real e o que pertence ao espaço cibernético – para o bem ou para o mal.

Uma das inovações de Realidade Aumentada este ano, são os óculos Vision Pro da Apple, anunciados recentemente. A Samsung também está preparando para entrar nesse ramo da tecnologia.

Além destas, 2023 também viu avanços nos carros elétricos, com a disputa por baterias mais otimizadas e de menor consumo e maior tempo de vida útil. Vimos também a contínua guerra dos chips – em que os países estão se preparando para se tornarem menos dependentes na fabricação de semicondutores, como o Brasil está fazendo com a CEITEC.


Créditos TecStudio