Tecnologia

O que você precisa saber para assistir WandaVision

Já ouviu falar sobre o MCU? Montamos um guia para entender e assistir WandaVision, a série da Disney+ responsável por iniciar a Fase 4 do universo compartilhado

A Feiticeira Escarlate, codinome de Wanda Django Maximoff, e Visão, o meio androide e meio humano sintético, não tiveram um fim lá muito esperançoso nos filmes que integram a Saga do Infinito. Para aqueles que compraram o romance de ambos personagens nos momentos iniciais de Vingadores: Guerra Infinita, assistir WandaVision pode significar um tempo de tela maior para desenvolver personagens — e realidades — que ficaram à margem dos filmes principais. 

Não lembra qual foi o desfecho dos personagens principais que estrelam a nova série da Disney+? Não tem problema, recapitulamos alguns momentos da Saga do Infinito e daremos indícios do que poderemos encontrar em WandaVision, estréia da próxima sexta-feira (15/01) no catálogo de streaming.

Vingadores: Era de Ultron

Foram necessários nove filmes do Marvel Cinematic Universe (Universo Cinematográfico Marvel, em tradução livre) para a Feiticeira Escarlate fazer sua aparição oficial entre os Vingadores. Durante as cenas pós-créditos do Capitão América 2: O Soldado Invernal, é possível visualizar Wanda manipulando blocos com seus poderes telecinéticos antes de destruí-los por completo. Porém, o potencial da heroína só começou a ser desenvolvido mesmo em Vingadores: Era de Ultron, no qual ela aparece junto de seu irmão, Pietro Maximoff, vulgo Mercúrio. 

No início da trama, os dois estão lutando contra os Vingadores. Uma bomba fornecida pela Indústrias Stark detonou o prédio onde a família morava. Não tardou para que os irmãos Maximoff fossem atrás de Tony Stark numa tentativa de vingar a morte da mãe, alinhando-se a Ultron. Entretanto, a aliança é interrompida quando os irmãos descobrem o verdadeiro plano do vilão: destruir o mundo. Pietro e Wanda juntam-se aos Vingadores na batalha final.

Aaron Johnson foi intérprete de Pietro Maximoff no longa, mas o personagem acaba morrendo em um dos momentos finais.

A origem de Visão é detalhada no mesmo longa. Criado originalmente para ser a versão física de Ultron, então meramente uma inteligência artificial, os Avengers roubam o receptáculo antes que a transferência ocorra. A junção da J.A.R.V.I.S — inteligência artificial que acompanha o Homem de Ferro nos três primeiros filmes do personagem-título e no primeiro Vingadores — com a Joia da Mente resulta na criação do super-herói que, então, passa a ajudar os Vingadores a derrotar seu criador.

No fim, tanto Wanda quanto Visão integram o time de heróis Marvel.

Capitão América: Guerra Civil

Os Vingadores devem responder ao governo ou ser uma organização independente? Após um acidente provocado pela Feiticeira Escarlate deixar civis machucados, Tony Stark e Steve Rogers possuem ideias distintas sobre a questão. 

Em um embate final que inclui membros do time Homem de Ferro e Capitão América, Wanda e Visão encontram-se em espectros opostos da luta. Os dois não trocam golpes, mas Wanda é capturada pelo Homem de Ferro e mantida presa em uma super prisão para heróis. 

No fim, é resgatada pelo Capitão América e se torna uma fugitiva, ao passo que Visão se mantém ao lado de Tony Stark. 

Vingadores: Guerra Infinita

Se os diálogos trocados entre os dois personagens nos últimos filmes serviram para algo, era que havia sim indícios de uma química entre Wanda e Visão, que conviviam no QG dos Vingadores. Logo na primeira hora do filme, é revelado que o casal encontrava-se às escondidas dos demais Vingadores. No entanto, o caso de amor não dura por muito tempo.

O Titã Louco conhecido como Thanos, referenciado em outros filmes do MCU, está atrás da Joia da Mente que, por sua vez, está na testa do Visão. Portanto, retirá-la seria sua morte levando em conta que o artefato significa a sua existência.

Versão humana de Visão, junto de Wanda Maximoff, minutos antes da Ordem Negra aparecer em seu encalço. Não deixe de assistir WandaVision para saber se tudo não passa de uma ilusão.
Versão humana de Visão, junto de Wanda Maximoff, minutos antes da Ordem Negra aparecer em seu encalço.

Repelindo as forças de Thanos como podem, os dois são salvos pelo Capitão América, Viúva Negra e Falcão. A equipe desloca-se para Wakanda para tentar retirar a Joia da Mente de forma cirúrgica, sem danos ao Visão, a fim de destruí-la. 

Enquanto estão em Wakanda, os Vingadores são pegos de surpresa com a chegada de Thanos e seu exército. Após o titã derrotar herói por herói, Wanda não vê outra opção a não ser matar seu amado enquanto a joia ainda está incrustada na cabeça de Visão. Thanos, que já possuía cinco Joias do Infinito, utiliza a Joia do Tempo para trazer Visão de volta à vida, apenas para matá-lo novamente no processo de obtenção da sexta. Com um estalar de dedos, Thanos dizima metade da população, incluindo Wanda.  

Vingadores: Ultimato

Após os Vingadores remanescentes embarcarem em uma viagem temporal para recuperar as Joias do Infinito antes das mesmas serem apanhadas pelo Titã Louco, a Feiticeira Escarlate volta para vingar a morte de Visão no confronto final. O androide, cuja morte não foi causada pelo estalo de Thanos, não retorna, mesmo com o Homem de Ferro utilizando a Manopla do Infinito para restaurar a humanidade no fim do filme. Para aqueles que vêm acompanhando os trailers e que pretendem assistir WandaVision, uma pergunta fica no ar: Como Visão pode estar na nova série da Disney?

Teorias que envolvem a suposta morte de Visão

Vale lembrar que momentos antes de Thanos atacar Wakanda, Shuri, a jovem cientista que é irmã de T’Challa (Pantera Negra) e que muitas vezes já foi equiparada a Tony Stark e Bruce Banner em nível de inteligência, estava fazendo uma manutenção em Visão. Pode ser que a consciência tenha ficado registrada em algum aparelho da cientista. Outras teorias vão mais longe e, possivelmente, flertam com uma certa verdade do cânone descrito nas histórias em quadrinhos.

Wanda Maximoff teve sua primeira aparição em Uncanny X-Men de 1964. Conhecida como um dos seres mais poderosos do Universo Marvel, pertenceu ao grupo de mutantes liderados por Magneto e depois passou a fazer parte dos Vingadores.  

O que aproxima os atos realizados por Wanda nos arcos iniciais a uma possível “ressurreição” de Visão em WandaVision, pode ser encontrado em Dinastia M

Dinastia M.
Imagem promocional divulgada pela Marvel com enfoque nos personagens presentes na HQ.

Lançada em 2005, os mundos dos Novos Vingadores e dos X-Men entraram num conflito que tinha um nome específico: Feiticeira Escarlate. Nesta nova HQ, o mundo é liderado pelos mutantes como seres superiores, ao passo que os humanos foram relegados para uma segunda classe de preferência. No comando está a “Casa M”, gerenciada aqui por Magneto e seus filhos, entre eles Wanda e Pietro Maximoff.

Humanos com poderes possuem uma nomenclatura diferenciada. Entre os personagens que podem ser encontrados no quadrinho estão: Peter Parker, agora casado com Gwen Stacy; Doutor Estranho, sem habilidades mágicas; Steve Rogers velho; e uma Capitã Marvel celebridade. No fim, descobrimos que tudo não passou da Feiticeira Escarlate sendo utilizada como fantoche por Magneto —  além dos poderes citados acima como telecinese, a heroína é também capaz de formar realidades — para criar um mundo que o agradava. 

WandaVision pode muito bem ser fruto da mente de Feiticeira Escarlate. 

Enredo da série

WandaVision é um spin-off do MCU que segue os dois personagens-título vivendo uma vida pacata e suburbana, longe dos Vingadores ou situações que envolvem a utilização de seus poderes. Com o início da trama após Vingadores: Ultimato, a realidade criada pelos personagens começa a ruir ao vivenciarem situações estranhas na vizinhança na qual moram.  

Estética e elementos da narrativa

Como visto no trailer, é possível notar que alguns episódios têm como inspiração o visual clássico das sitcoms americanas. Em entrevista ao Entertainment Weekly, pontos-chave dessas influências foram esmiuçados. Entre a gama de referências, estão produções dos anos 50, em preto e branco, e programas familiares que foram criados em 1990. E o nível de fidelidade não fica somente na estética do seriado — além, é claro, da utilização de lentes e equipamentos daquele período histórico.

“Este seriado é uma carta de amor para a era dourada da televisão. Estamos fazendo uma homenagem e honrando todas as pessoas que vieram antes de nós e, ao mesmo tempo, tentando trilhar um novo caminho.”

Jac Schaeffer, roteirista principal de WandaVision

Para quem for assistir WandaVision, será possível notar um apreço especial ao quesito técnico do novo xodó da Marvel. A equipe responsável pelos efeitos utilizou cabos e truques de câmera para simular uma garrafa de vinho servindo a bebida sem alguém a entornando, além de efeitos práticos similares. Elizabeth Olsen e Paul Bettany, ambos respectivamente Wanda e Visão, tiveram que atuar em frente à uma audiência ao vivo, para capturar momentos autênticos, como se fosse uma peça teatral com entradas e saídas. 

Compositores de Frozen na trilha sonora

Não seria uma produção da Disney+ se não tivesse uma referência a algum filme do panteão da produtora, e neste caso em específico, são os compositores de Frozen. Robert Lopez e Kristen Anderson-Lopez ficarão responsáveis pelas faixas. 

A contribuição do casal com a Disney não é de hoje. Os artistas são responsáveis também por Phineas e Ferb, pelo musical Procurando Nemo presente no Walt Disney World e Viva: A Vida é uma Festa

Um pedaço da trilha é tocada no teaser abaixo: 

Início da Fase 4 do MCU 

Assistir WandaVision, na telinha, vai ser uma prévia do que a Marvel tem preparado para os próximos anos. 2020 não foi um ano propício para ver filmes na telona, tampouco para os estúdios investirem na agenda que já tinham cravado para lançamentos. As grandes produções da Marvel também não ficaram para trás nesse quesito.

A Fase 4 da Marvel, para ser exato, deveria ter começado com lançamentos como Viúva Negra, Os Eternos e Falcão e o Soldado Invernal, mas devido à pandemia ficaram em segundo plano.

Séries e longas metragens que fazem parte da Fase 4 da Marvel
Séries e longas metragens que fazem parte da Fase 4 da Marvel em evento pré-pandemia.

Coube a WandaVision dar sequência na nova leva de produções. Para os que ficam preocupados em assistir WandaVision por fugir da cronologia de lançamento, Kevin Feige, a mente por trás da Marvel Studios, citou que os fãs não devem ficar receosos em acompanhá-la. Segundo o produtor, este tipo de mudança no cronograma não afetará a história principal que vai ser contada nos próximos longas e seriados.

E aí, tem certeza mesmo que não quer assistir WandaVision?

Para os curiosos, muitas das novas produções já deram as caras na apresentação realizada pela Disney em dezembro.

Wandavision e Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Não só WandaVision andará com as próprias pernas, em relação ao que já foi mencionado anteriormente, como vai definir o terreno para o próximo filme do Doutor Estranho. Feige já sugeriu em entrevistas que veremos Feiticeira Escarlate desempenhando um papel importante na sequência do próximo filme do herói. 

Além da presença de Elizabeth Olsen e do Benedict Cumberbatch como o feiticeiro, retornam Benedict Wong (Wong), Rachel McAdams (Christine Palmer) e Chiwetel Ejiofor (Mordo). Sam Raimi, responsável por dirigir o primeiro Homem Aranha pela Marvel em 2002, está cotado para direção.

Já está preparado para assistir WandaVision? Fala pra gente nos comentários o que você espera da nova série Marvel.

Fonte: Fandom, TV Line, EW, Collider, NY Times