Geek

O grande problema dos smartphones top de linha de 2022 continua!

Os smartphones top de linha de 2022 são bons em quase tudo, mas quando o assunto é games, a coisa costuma não sair como o esperado. O recente teste do site e canal Versus, demonstrou que os celulares mais caros de 2022 têm um grave problema: a estabilidade.

Isso é um tema que já falamos em abril, e adivinha? Para games, alguns top de linha continuam decepcionando.

O site e canal Versus fez um teste bastante elaborado com os mais renomados top de 2022.

Os testes envolveram os seguintes aparelhos: Google Pixel 7 Pro, Oppo Find X5 Pro, Xiaomi 12S Ultra, Huawei Mate 40 Pro, Samsung Galaxy S22 Ultra e iPhone 14 Pro Max.

Sim, os celulares top de linha são monstruosos, com um grande poder de processamento bruto (especialmente o iPhone 14), mas infelizmente, após alguns minutos do teste de benchmark Wild Life Extreme Stress Test, todos os aparelhos tiveram uma queda bruta de performance.

 

O que é o Wild Life Extreme Stress Test?

O Wild Life Extreme Stress Test é um teste de renderização 3D que executa o mesmo teste 20 vezes. Esse tipo de teste simula um jogo 3D muito pesado rodando no smartphone por cerca de 20 minutos. 

 

Apenas para deixar as coisas claras aqui. Queda de performance é normal, mas dentro de um certo parâmetro.

Em anos anteriores, os smartphones tinham queda de performance em torno de 10%, mas neste ano, alguns top de linha apresentam uma queda de 60% de performance em games, depois de 20 minutos jogando.

 

Veja o resultado do canal Versus no vídeo abaixo:

 

 

Quem se saiu melhor no teste foi o iPhone 14 Pro Max, seguido de perto pelo Xiaomi 12S Ultra e S22 Ultra (versão Exynos). Esses aparelhos apesar da queda de performance, ainda mantiveram um bom desempenho mesmo no “loop mais baixo”.

teste-versus-wild-life-extreme-stress-test-2-1024x576 O grande problema dos smartphones top de linha de 2022 continua!

 

Isso atrapalha? Para quem joga muito, atrapalha muito!

Assim, para o usuário leigo,ou aquele jogador que joga uns 10 minutos por dia, não há problema algum! Parece até que está tudo bem!

Entretanto, para quem passa longas horas jogando, o teste desse vídeo é uma verdadeira decepção, pois demonstra que seu celular novinho vai virar quase “meio celular” depois de 20 minutos jogando.

Antigamente, celulares top de linha de 2019 e 2020, as quedas de performance chegavam no máximo a 10%. Mas desde 2021, a performance ao longo de várias horas tem decepcionado quem pegou um top de linha popular novo para jogar.

Um exemplo, imagina comprar um Google Pixel 7 Pro, Oppo Find X5 Pro ou Huawei Mate 40 Pro, e perceber que depois de 10 minutos jogando, ele virou um POCO F3 em desempenho? É bem decepcionante para quem pagou mais de R$ 3.6 mil em um smartphone.

Para quem adquiriu um Xiaomi 12S Ultra ou POCO F4 GT também pode ficar chateado.

Imagina paga caro por um smartphone, e ele cai a performance quase 50%. É triste, mesmo ainda rodando tudo no ultra, o potencial do chip Snapdragon 8 Gen 1 e 8Gen 1+ foi quase totalmente desperdiçado.

O que está acontecendo? Para controlar as altas temperaturas, o sistema dos smartphones talvez esteja fazendo muito Thermal Throttling e capando a performance sem o usuário perceber.

Afinal, nenhum smartphone do teste foi pensado para games. Os top de linha novos são bem “frios” no quesito temperatura, mas parece que as empresas pesaram na balança, e decidiram capar mesmo a performance para evitar problemas de aquecimento. Eles foram pensados para o uso “cotidiano”, onde o pico máximo de processamento seria uma pessoa filmar um pequeno vídeo em 4K.

Então todo processador top de linha de 2022 vai perder até 50% de performance?

Essa é a questão. Tudo vai depende do projeto e do smartphone.

Não basta só jogar um Snapdragon 8 gen 1 em qualquer placa e está tudo bem. Hoje em dia, é preciso analisar direito o projeto para que o aparelho não sofra com altas temperaturas.

O canal GoldenReviewer analisou o POCO F4 GT e viu que o aparelho tem Thermal Throttling severos. Isso pode ser visto tanto no Wild Life Extreme Stress Test como no teste do Genshin Impact. Mas no caso do POCO F4 GT, vale lembrar que o teste é de junho, pode ser que atualizações futuras “destravem” o poder do Snapdragon 8 gen 1 no POCO F4 GT.

Já smartphones como Asus ROG Phone 6, Red Magic 7 Pro e Lenovo Legion Y90, conseguem manter estabilidade em 92% ou mais. Algo muito positivo para quem vai focar em games. E esses são os smartphones que recomendo para quem quer focar em games em 2023.

Se interessou? Veja onde comprar eles aqui:

 


Créditos: Mobile Gamer