Geek

Nintendo Switch pode esgotar no mundo todo em abril devido ao COVID-19

Escrito por Paulo Carmino

Um gargalo de produção causado pelo surto do coronavírus (COVID-19) provavelmente resultará em escassez global do Nintendo Switch até abril, de acordo com novas fontes ouvidas pela Bloomberg.

Citando pessoas familiarizadas com a cadeia de suprimentos da Nintendo, a reportagem da Bloomberg diz que a atual escassez do Switch na região Ásia-Pacífico se expandirá para os EUA e a Europa se os transtornos e quarentenas causadas pelo vírus continuarem nas próximas semanas.

As remessas do Switch que chegarão aos EUA este mês e no próximo já saíram da Ásia, mas uma fonte da agência disse que uma escassez de componentes a partir de agora resultaria em um número muito reduzido de consoles enviados em abril.

“Atualmente, não vemos grande impacto no envio para os EUA, mas permaneceremos vigilantes e tomaremos medidas, se necessário”, disse um porta-voz da Nintendo à Bloomberg News. “É possível que o suprimento seja afetado pelo vírus se ele se tornar mais difundido e prolongado”.

No início de fevereiro, a Nintendo atrasou as remessas de hardware do Switch para o Japão e a Coréia do Sul devido ao surto do COVID-19 na China. A empresa também adiou os planos de começar a pré-venda do pacote de hardware do Switch com Animal Crossing, embora a data de lançamento continue marcada para 20 de março.

No Japão, o Switch e alguns acessórios já estão esgotados em algumas lojas, incluindo a própria loja online da Nintendo. A produção foi afetada pela quarentena nas fábricas da China, mas segue em escala menor em uma fábrica no Vietnã.

Sobre o Autor

Paulo Carmino