Geek

Nintendo pode lançar dois Metroid, incluindo novo Metroid 2D, este ano no Switch

Escrito por Paulo Carmino

A Nintendo pode tornar a espera por Metroid Prime 4 no Switch um pouco menos penosa para os fãs com o lançamento de dois jogos da série para o console, sendo um deles uma nova aventura 2D, de acordo com rumores vindos de uma fonte de credibilidade.

Um jornalista bem informado sobre os assuntos da Nintendo e que tem um histórico comprovado de vazamentos dos planos da empresa, publicou no Twitter que tomou conhecimento de um Metroid 2D, especificamente uma sequência de Metroid Fusion, sendo lançado em 2020. Além deste, a Nintendo está preparando um novo Paper Mario para o console este ano.

As informações divulgadas pela jornalista confirmam rumores vindos de outro informante em novembro, que sugeriu que a Nintendo está trabalhando em dois Metroid para o Nintendo Switch, além do Metroid Prime 4 da Retro Studios. Um desses seria a trilogia Metroid Prime remasterizada para Switch e o outro um remake de Super Metroid. A novidade agora é que este último está relacionado a Fusion, lançado em 2002 para o Gameboy Advance e que, por sua vez, era uma sequência de Super Metroid.

No ano passado, várias fontes garantiram que as remasterizações da trilogia Metroid Prime estão prontas há muito tempo e a Nintendo está apenas esperando um momento mais oportuno para lançar a coleção. Com o adiamento de Metroid Prime 4, que teve seu desenvolvimento reiniciado no Retro Studios, a Nintendo acabou adiando também o lançamento da trilogia.

A Nintendo anunciou no início de 2019 que decidiu reiniciar o desenvolvimento de Metroid Prime 4 a fim de assegurar o alto padrão de qualidade da série. Para isso, o produtor Kensuke Tanabe se uniu ao Retro Studios, autor da trilogia Metroid Prime, para tocar o projeto.

O texano Retro Studios ainda tem em sua equipe cerca de metade dos desenvolvedores que trabalharam em Metroid Prime 3, sendo que cinco dos onze designers de Metroid Prime 3 fazem parte da nova equipe de Metroid Prime 4. A Nintendo do Japão supervisiona a produção.



Sobre o Autor

Paulo Carmino