Tecnologia

Ministério da Saúde passa a usar WhatsApp para tirar dúvidas sobre o coronavírus (COVID-19)

Escrito por Paulo Carmino

Canal de dúvidas sobre o coronavírus (COVID-19) é fruto de uma parceria entre o WhatsApp e o Ministério da Saúde

Após lançar um aplicativo com informações úteis sobre o novo coronavírus (COVID-19), o Ministério da Saúde lançou nesta quinta-feira, 26 de março, mais um canal para tirar dúvidas. Através do WhatsApp, a população poderá perguntar sobre a pandemia e os tratamentos adequados. Já os profissionais de saúde poderão receber protocolo de atendimento. 

Todas as dúvidas serão respondidas por um robô e, segundo o Ministério da Saúde, a ferramenta poderá ajudar as pessoas em como agir quando tiver casos suspeitos. Além disso, há dicas de prevenção, explicação sobre como ocorre a contaminação e o principal: desmistificar notícias falsas (ou “fake news”, em inglês) sobre o novo coronavírus (COVID-19)

WhatsApp do Ministério da Saúde possui um robô que tira dúvidas sobre a pandemia de coronavírus (COVID-19)

“Desde o início da circulação do coronavírus no mundo, o Ministério da Saúde trata com total transparência as informações referentes ao tema. Esta ferramenta permitirá o contato imediato do cidadão com as diretrizes oficiais e informações verídicas, diretamente da fonte, evitando equívocos em um momento de cuidado extremo”.

destacou Luiz Henrique Mandetta, ministro da saúde. 

WhatsApp do Ministério da Saúde 

Conversa com o robo do ministério
Os usuários podem contar com dez menus para informações sobre o coronavírus (COVID-19)

As pessoas interessadas em tirar dúvidas sobre o novo vírus, basta enviar uma mensagem no WhatsApp para o número: +55 (61) 9938-0031. A conversa pode ser iniciada apenas com um “Oi”, após salvar o contato em sua agenda. 

Parceria contra o coronavírus (COVID-19)

A medida faz parte de uma parceria do Ministério da Saúde com o Facebook, dono do WhatsApp. “Temos o prazer de poder fornecer ao Ministério da Saúde ferramentas de comunicação para ajudá-los a responder às perguntas dos cidadãos sobre o vírus”, ressaltou Matt Idema, diretor de Operações do WhatsApp. As autoridades de saúde utilizam recursos avançados do WhatsApp Business para promover a ação. 

Logo do Facebook, WhatsApp e do Instagram
Facebook passou a fazer parcerias com diversos governos com o objetivo de conter a pandemia de coronavírus (COVID-19)

O Facebook ainda está disponibilizando crédito para que a pasta do Governo Federal possa realizar campanhas sobre o tema no Instagram e no Facebook.

O WhatsApp anunciou também a disponibilidade de 11 figurinhas com recomendações de prevenção: “Evite tocar nariz, boca e olhos”, “Lave bem as mãos”, “Desinfete os objetos usados” e outros. 

Além do Brasil, o aplicativo de mensagem tem feito parceria com outros governos do mundo com o objetivo de conter a pandemia. O WhatsApp lançou serviços especiais de prevenção em Cingapura, Israel, África do Sul, Argentina e na Indonésia.

Sobre o Autor

Paulo Carmino